Clique e assine por apenas 6,90/mês

Caledonia Whisky & Co.

(Desde 2019)

Tipos de Bares: Uísques

VejaSP:

Endereço: Rua Vupabussu, 309 - Pinheiros - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 30310840

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira 18:00 - 00:00

quarta-feira 18:00 - 00:00

quinta-feira 18:00 - 01:00

sexta-feira 18:00 - 01:00

sábado 18:00 - 01:00

domingo - Fechado

Loja, 12h/0h (fecha dom.).

Informações adicionais: Lugares/Capacidade total (70)

Resenha por Saulo Yassuda

Começou a funcionar em Pinheiros, ao lado do cervejeiro EAP Empório Alto de Pinheiros, um espaço dedicado ao uísque. É o Caledonia Whisky & Co., que desde o finzinho de 2019 abre as portas ao meio-dia como loja do destilado e, à noite, passa a operar como bar. Nesse horário, curiosas prateleiras-portas se abrem e destacam o salão de iluminação intimista, com balcão baixo e algumas mesinhas. Ali ficam expostos 120 rótulos de marcas de importação oficial. O negócio foi criado por dois amantes da bebida, Mauricio Porto e Guilherme Valle, que mantêm um blog sobre o tema. O repertório da dupla fica evidente no cardápio explicadinho de drinques, com textos impressos em letra miúda. O excesso de informação e as descrições repletas de nomes de marcas podem aborrecer um pouco os clientes que só querem um trago. Para um passeio por diferentes tipos de uísque, vale pedir um flight ou degustação, que segue temáticas, com três rótulos cada uma. A chamada introdução (R$ 39,00) traz um escocês, um irlandês e um americano. Mais cabeça, a seleção islay trio (R$ 137,00) elenca produtos da ilha escocesa de Islay, conhecida pelos líquidos de um gosto defumado particular. Quem prefere não ficar só no purinho tem a chance optar por uma variada carta de coquetéis criada pelo consultor Rodolfo Bob. O hipster shake (R$ 32,00), coberto com espuma de gengibre tal qual o moscow mule na versão nacional, suaviza bastante o sabor do destilado, que pouco aparece na boca. O drinque combina a bebida, que estagia em barril de jerez oloroso para ganhar doçura, com vermute tinto, Cynar, xarope de amêndoa, ginger beer e sucos cítricos. Pomposo, o king james (uísque irlandês aromatizado na manteiga de garrafa com amêndoa, jerez Pedro Ximénez, vermute de jerez, vinho madeira, bitter de cacau, queijo grana padano; R$ 32,00) vem numa taça com gelo em forma de diamante com a ajuda de um sifão. O efeito espumoso logo vai embora, e sobra um líquido quase untuoso, cujo equilíbrio melhora conforme a mistura é diluída. Um garfinho com presunto cru enrolado acompanha o drinque. Clássico, o rob roy (R$ 35,00), de uísque, vermute tinto e bitters, agrada até a última gota. Um cardápio de comidinhas, como o sanduíche de pepino com maionese e dill no pão de fôrma (R$ 24,00), dão fôlego às quentes goladas.

Informações checadas em fevereiro de 2020.

 

    Começou a funcionar em Pinheiros, ao lado do cervejeiro EAP Empório Alto de Pinheiros, um espaço dedicado ao uísque. É o Caledonia Whisky & Co., que desde o finzinho de 2019 abre as portas ao meio-dia como loja do destilado e, à noite, passa a operar como bar. Nesse horário, curiosas prateleiras-portas se abrem e destacam o salão de iluminação intimista, com balcão baixo e algumas mesinhas. Ali ficam expostos 120 rótulos de marcas de importação oficial. O negócio foi criado por dois amantes da bebida, Mauricio Porto e Guilherme Valle, que mantêm um blog sobre o tema. O repertório da dupla fica evidente no cardápio explicadinho de drinques, com textos impressos em letra miúda. O excesso de informação e as descrições repletas de nomes de marcas podem aborrecer um pouco os clientes que só querem um trago. Para um passeio por diferentes tipos de uísque, vale pedir um flight ou degustação, que segue temáticas, com três rótulos cada uma. A chamada introdução (R$ 39,00) traz um escocês, um irlandês e um americano. Mais cabeça, a seleção islay trio (R$ 137,00) elenca produtos da ilha escocesa de Islay, conhecida pelos líquidos de um gosto defumado particular. Quem prefere não ficar só no purinho tem a chance optar por uma variada carta de coquetéis criada pelo consultor Rodolfo Bob. O hipster shake (R$ 32,00), coberto com espuma de gengibre tal qual o moscow mule na versão nacional, suaviza bastante o sabor do destilado, que pouco aparece na boca. O drinque combina a bebida, que estagia em barril de jerez oloroso para ganhar doçura, com vermute tinto, Cynar, xarope de amêndoa, ginger beer e sucos cítricos. Pomposo, o king james (uísque irlandês aromatizado na manteiga de garrafa com amêndoa, jerez Pedro Ximénez, vermute de jerez, vinho madeira, bitter de cacau, queijo grana padano; R$ 32,00) vem numa taça com gelo em forma de diamante com a ajuda de um sifão. O efeito espumoso logo vai embora, e sobra um líquido quase untuoso, cujo equilíbrio melhora conforme a mistura é diluída. Um garfinho com presunto cru enrolado acompanha o drinque. Clássico, o rob roy (R$ 35,00), de uísque, vermute tinto e bitters, agrada até a última gota. Um cardápio de comidinhas, como o sanduíche de pepino com maionese e dill no pão de fôrma (R$ 24,00), dão fôlego às quentes goladas.

    Informações checadas em fevereiro de 2020.