Clique e assine por apenas 6,90/mês

Cais

(Desde 2019)

Tipos de Restaurantes: Peixes e frutos do mar

VejaSP:

Endereço: Rua Fidalga, 314 - Vila Madalena - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 38196282

Horário:

segunda-feira 19:30 - 23:30

terça-feira - Fechado

quarta-feira - Fechado

quinta-feira 19:30 - 23:30

sexta-feira 19:30 - 23:30

sábado 19:30 - 23:30

domingo 13:30 - 16:30

Faixa de preço: De R$116,00 a R$175,00

Informações adicionais: Lugares/Capacidade total (33), Levar vinhos (permite) (R$ 50,00)

Resenha por Arnaldo Lorençato

Uma brisa do mar bateu na Vila Madalena em novembro com a chegada do Cais. Instalado em uma antiga casinha, o restaurante tem como foco os pescados e foi aberto pela dupla Guilherme Giraldi e Adriano de Laurentiis, o comandante do fogão. Embora tenha apenas 29 anos, o cozinheiro estreante na carreira-solo passou pelos paulistanos Manioca, Tuju e Corrutela, este do chef Cesar Costa, revelação por VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER 2019/2020. Fora do país, estagiou no norueguês Maaemo, em Oslo. Quase todos os itens provados do menu, que muda sempre pela disponibilidade da matéria-­prima, estavam muito agradáveis na visita. Sugiro apenas que se reduza a expectativa com pedidas como a linguiça de atum (R$ 36,00), aliás muito boa, com purê rústico de batata e uma demi­-glace de porco para lá de enjoativa, e a torta de queijo com caramelo salgado por baixo mais sorvete de pera (R$ 25,00). O parmesão por cima, queimado no maçarico, deixa um retrogosto de combustão na sobremesa. No mais, a refeição pode ser uma maravilha. A depender do dia, inclui canapés de massa crocante com molho gribiche de salsão, uma espécie de maionese, com pargo defumado (R$ 19,00) e fatias do mesmo peixe curado com água de tomate e óleo de ostra (R$ 31,00), de deixar saudade. Na seleção de pratos, têm chance de aparecer o badejo ao molho de vôngole e marisco (R$ 67,00) com pão de alho confitado, que poderia ser um pouco mais delicado diante da suavidade do pescado, e o olhete defumado ao molho de maçã com legumes (R$ 54,00). Até quem não come carne pode se dar bem na casa com o carpaccio de cogumelos portobello, shiitake e eryngui com manteiga noisette, salsão e queijo curado ralado (R$ 32,00).

Informações checadas em janeiro de 2020.

    Uma brisa do mar bateu na Vila Madalena em novembro com a chegada do Cais. Instalado em uma antiga casinha, o restaurante tem como foco os pescados e foi aberto pela dupla Guilherme Giraldi e Adriano de Laurentiis, o comandante do fogão. Embora tenha apenas 29 anos, o cozinheiro estreante na carreira-solo passou pelos paulistanos Manioca, Tuju e Corrutela, este do chef Cesar Costa, revelação por VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER 2019/2020. Fora do país, estagiou no norueguês Maaemo, em Oslo. Quase todos os itens provados do menu, que muda sempre pela disponibilidade da matéria-­prima, estavam muito agradáveis na visita. Sugiro apenas que se reduza a expectativa com pedidas como a linguiça de atum (R$ 36,00), aliás muito boa, com purê rústico de batata e uma demi­-glace de porco para lá de enjoativa, e a torta de queijo com caramelo salgado por baixo mais sorvete de pera (R$ 25,00). O parmesão por cima, queimado no maçarico, deixa um retrogosto de combustão na sobremesa. No mais, a refeição pode ser uma maravilha. A depender do dia, inclui canapés de massa crocante com molho gribiche de salsão, uma espécie de maionese, com pargo defumado (R$ 19,00) e fatias do mesmo peixe curado com água de tomate e óleo de ostra (R$ 31,00), de deixar saudade. Na seleção de pratos, têm chance de aparecer o badejo ao molho de vôngole e marisco (R$ 67,00) com pão de alho confitado, que poderia ser um pouco mais delicado diante da suavidade do pescado, e o olhete defumado ao molho de maçã com legumes (R$ 54,00). Até quem não come carne pode se dar bem na casa com o carpaccio de cogumelos portobello, shiitake e eryngui com manteiga noisette, salsão e queijo curado ralado (R$ 32,00).

    Informações checadas em janeiro de 2020.