Clique e assine por apenas 6,90/mês

Baixo MiCi

(Desde 2019)

Tipos de Bares: Bares variados

VejaSP:

Endereço: Rua Ministro Ferreira Alves, 244 - Perdizes - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 38715294

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira - Fechado

quarta-feira - Fechado

quinta-feira 19:00 - 00:00

sexta-feira 19:00 - 00:00

sábado 19:30 - 00:00

domingo - Fechado

Informações adicionais: Lugares/Capacidade total (15)

Resenha por Saulo Yassuda

Não é tão fácil encontrar o Baixo MiCi. Aberto em junho, o bar, que deriva do restaurante MiCi e que ocasionalmente funciona como área de espera, se esconde abaixo do nível da rua. Só desperta a atenção dos pedestres por causa do enorme grafite que retrata um busto feminino. Por uma estreita escada, chega-se ao pequeno porão, onde apenas quinze pessoas são atendidas por vez, em pequenas mesas que favorecem os casais e pequenos grupos. Releitura da margarita, com menos acidez, o beta (R$ 32,00) leva tequila, Cointreau, limão-siciliano e suco de beterraba com abacaxi no copo de borda incrustada de sal. Outro destaque líquido é a maria mole (R$ 32,00), versão mais chique do tradicional drinque de boteco, com conhaque e vermute branco de marcas mais nobres. Aos petiscos. A boa dupla de mini-hambúrguer com queijo da Serra da Canastra, maionese de leite ao coentro e folhas como amaranto ou trevo no pão é acompanhada de ketchup com cogumelo e mostarda ao mel, laranja e tomilho. Custa R$ 18,00. Os quadrados do mesmo queijo do sanduba, fritos e empanados, são a base do canapé de pastrami de javali e geleia de vinho tinto quase líquida, cujo contraste adocicado é pouco perceptível (R$ 32,00, seis unidades). Às quintas, há jazz ao vivo (R$ 12,00 o couvert).

Informações checadas em agosto de 2019.

    Não é tão fácil encontrar o Baixo MiCi. Aberto em junho, o bar, que deriva do restaurante MiCi e que ocasionalmente funciona como área de espera, se esconde abaixo do nível da rua. Só desperta a atenção dos pedestres por causa do enorme grafite que retrata um busto feminino. Por uma estreita escada, chega-se ao pequeno porão, onde apenas quinze pessoas são atendidas por vez, em pequenas mesas que favorecem os casais e pequenos grupos. Releitura da margarita, com menos acidez, o beta (R$ 32,00) leva tequila, Cointreau, limão-siciliano e suco de beterraba com abacaxi no copo de borda incrustada de sal. Outro destaque líquido é a maria mole (R$ 32,00), versão mais chique do tradicional drinque de boteco, com conhaque e vermute branco de marcas mais nobres. Aos petiscos. A boa dupla de mini-hambúrguer com queijo da Serra da Canastra, maionese de leite ao coentro e folhas como amaranto ou trevo no pão é acompanhada de ketchup com cogumelo e mostarda ao mel, laranja e tomilho. Custa R$ 18,00. Os quadrados do mesmo queijo do sanduba, fritos e empanados, são a base do canapé de pastrami de javali e geleia de vinho tinto quase líquida, cujo contraste adocicado é pouco perceptível (R$ 32,00, seis unidades). Às quintas, há jazz ao vivo (R$ 12,00 o couvert).

    Informações checadas em agosto de 2019.