AK Vila

Tipos de Restaurantes: Cozinha variada
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Fradique Coutinho, 1240 - Pinheiros - São Paulo - SP ver no mapa
Horário:
Estabelecimento fechado

    Comer e beber

    • 2014 - Participante

      Restaurantes variados Comer & Beber .

      Tem ambiente descolado, com grafite nas paredes e um divertido lustre no centro do salão. A responsável pela cozinha é a chef Andrea Kaufmann, que faz constantes mudanças no menu. Entre os acréscimos está a bruschetta de peito de pato na redução de melaço de romã, cujo sabor acaba um pouco ofuscado pelo patê de queijo gorgonzola usado na finalização (R$ 35,00). A tagliata de carne de gado angus (R$ 62,00) chega em lâminas grossas e entremeadas de gordura salpicada de tutano. Vem acompanhada de três molhos: chimichurri, mostarda e maionese de manjericão. Das antigas sugestões, o chupe (R$ 68,00), uma sopa peruana de camarão e arroz bem picante, continua de primeira. O escondidinho de goiabada com queijo (R$ 13,00) é só para quem gosta de sobremesas muuuito doces. (Preços checados em setembro/outubro de 2014.)

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2013 - Participante

      Restaurantes variados Comer & Beber .

      A mudança dois anos atrás para este endereço fez muito bem ao restaurante da chef Andrea Kaufmann. Ganhou, por exemplo, um salão maior e mais charmoso, sempre lotado. O cardápio também passou por transformações, como a introdução de pratos na grelha, muitos deles dependendo da oferta de matéria-prima sazonal. É caso dos tentáculos de polvo (R$ 72,00) bem tostados e temperados com uma exuberante quantidade de páprica picante. No papel de acompanhamento, há aligot, aquele purê de batata e queijo francês aqui misturado a pimentão vermelho e três molhinhos: mostarda anciènne, maionese de manjericão e chimichurri. Petisco feito com capricho, o croquete de pato (R$ 31,00) esconde a carne em pedaços sob uma casquinha crocante. A sugestão é bensuntá-lo em geleia de pimenta. De doçura acentuada, o pudim de leite com doce de leite por cima (R$ 15,00) tem os efeitos do açúcar quebrados pela adição discreta de for de sal na hora de servir. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2012 - Indicado

      Restaurantes variados Comer & Beber .

      Eleito em 2011 como número 1 de sua categoria, o restaurante de Andrea Kaufmann continua um dos melhores de sua categoria. A chef propõe uma seleção de receitas de múltiplas fronteiras que despertam o paladar. Das entradas, não há como resistir ao faláfel crocante e sequinho na companhia de salada de tomate e pepino para ser mergulhado em molho tahine. Servido em uma chapa, o peito de pato fatiado vem com a pele dourada e a carne macia. Tem a companhia de deliciosas laranjas-kinkan carameladas. Na sobremesa, o creme brûlé ganha uma diabolicamente tentadora versão com figo fresco e mel. Atenciosos garçons sugerem vinhos como o alemão Dr. Loosen Villa Wolf Pinot Noir Qualitätswein 2009. Em 2012, o restaurante foi brindado com 2 votos do júri do “Comer & Beber”.

      Veja SP

    • 2011 - Vencedor

      Restaurantes variados Comer & Beber .

      Andrea Kaufmann tem uma enorme capacidade de surpreender. Nem bem abriu, seu restaurante AK Vila leva o título de o melhor variado. É uma história que se repete. Quatro anos atrás, a então neocozinheira inaugurou o charmoso AK Delicatessen, em Higienópolis. Bastaram cinco meses de funcionamento para que seu talento de estreante maravilhasse clientes e crítica. Com reconhecimento imediato, ela foi eleita chef revelação de 2007 por VEJA SÃO PAULO. Mais uma novidade veio em outubro de 2010: Andrea decidiu pôr um ponto final na casa. Depois de um breve hiato, transferiu-a para a Vila Madalena e, mantendo as iniciais de seu nome, rebatizou-a de AK Vila. Expandiu também as fronteiras do cardápio, que deixou de ser predominantemente judaico. Mas manteve alguns pratos consagrados, como o varenique recheado de batata com cebola dourada coberto por rabada e folhas de agrião. E incluiu muitos outros. Parte de suas novas criações é feita na grelha, entre elas o delicioso trio de camarões grandes sobre arroz negro úmido e cremoso na companhia de molho tostado (pimentão, pimentas cambuci e dedo-de-moça, tomate e cebolinha). Há ótimas entradas para dividir, a exemplo da costelinha suína tostada ao mel e laranja e da porção de vôngole à provençal. Na sobremesa, fica difícil resistir ao pain perdu, a rabanada de pão judaico challah, creme inglês, maçã e pera.

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá, ( log out )

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s