Clique e assine por apenas 5,90/mês

Sobre resistir, insistir e deixar fluir, com Tania Mujica

Instrutora de meditação e muito mais, Tania Mujica compartilha sua busca por navegar no caos potente de uma vida em fluxo

Por Helena Galante - Atualizado em 9 out 2020, 20h50 - Publicado em 12 out 2020, 00h10

“As coisas se comportam do jeito que você acredita que elas são.” Foi essa percepção que fez Tania Mujica, convidada de Helena Galante para o episódio #70 do podcast Jornada da Calma, mudar. “Se eu me vejo como guerreira, a vida me traz batalhas. Se me vejo como bailarina, o universo é um DJ e coloca músicas para mim”, completa. Instrutora de meditação, Tania compartilha como é essa procura por enxergar de novas maneiras o dinamismo do mundo. “Estou nesse momento de transição, com varias recaídas, ok? Tento me lembrar que não é guerra.”

As muitas transformações recentes incluíram a finalização de um ciclo de relacionamento, uma mudança de cidade e até o explante do silicone dos seios. Junto com o desapego, veio o olhar para as tendências de resistência e também insistência. “Parece que estou tão separada do todo que as coisas só acontecem se eu for atrás. Mas isso desconsidera que a vida acontece mesmo se a gente não fizer nada.” O caminho de menos esforço e mais fluidez mudou até a forma como Tania conduz palestras e grupos: “Busco diálogos que curam mais do que palestras performáticas.”

 

Continua após a publicidade
Publicidade