Clique e assine por apenas 6,90/mês

A obra que substituiu o mural de Eduardo Kobra na Oscar Freire

Painel na fachada de uma loja de calçados agora traz palavra Love em letras garrafais sobre um fundo vermelho

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 10 Jan 2018, 21h05 - Publicado em 10 Jan 2018, 21h01

Um dos pontos mais fotografados na badalada rua Oscar Freire, o colorido Albert Einstein pintado por Eduardo Kobra já não existe mais. O mural do cientista pilotando uma bicicleta foi coberto por tinta branca no último final de semana, depois de dois anos, para dar espaço a uma nova obra.

 

O painel de 5,5 metros de largura por 14 metros de altura da loja da Schutz agora traz palavra ‘Love’ em letras garrafais sobre um fundo vermelho. Assinado pelo coletivo de street art SHN, a obra foi lançada nesta quarta (11), junto à reinauguração do endereço.

Em nota, a marca de sapatos explico que o espaço “dedica-se a propagar a arte de rua, e tem como propósito apresentar novos artistas, temporariamente, com diferentes atuações em street art.”

Continua após a publicidade

Confira:

 

 

 

Publicidade