O que falta para a Rua dos Pinheiros

Lourenço Gimenes, sócio do escritório de arquitetura FGMF, comenta as transformações recentes da via e quais devem ser os próximos passos para a região

Lourenço Gimenes, sócio do escritório de arquitetura FGMF, trabalha a poucos metros da Rua dos Pinheiros. Durante o episódio #25 do podcast #SPsonha, Gimenes comenta com Raul Juste Lores, redator-chefe da Vejinha, como a chegada do metrô transformou a via, que soma a oferta de restaurantes a outros pontos comerciais . “É quase como uma pequena cidade autônoma, uma não-São Paulo, mas com alguns vícios clássicos, como os edifícios residenciais todos fechados para a rua”, afirma o arquiteto. Entre os itens que faltam para a região, destaca a preocupação com o meio ambiente: “O verde não é só uma questão estética da paisagem urbana, é um elemento importante do ponto de vista climático.”

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s