Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Maju Coutinho se pronuncia após fala sobre isolamento social

"O choro é livre, não dá pra gente reclamar", disse a apresentadora na última terça (16); jornalista foi alvo de críticas

Por Redação VEJA São Paulo 18 mar 2021, 15h52

A apresentadora do Jornal Hoje, Maju Coutinho, deu uma declaração durante o programa desta quinta-feira (18) sobre uma uma frase que proferiu na terça-feira (16). A jornalista falava sobre a adoção de medidas mais restritivas para conter a Covid-19, e uma parte de sua declaração repercutiu nas redes sociais.

“Os especialistas são unânimes em dizer que essas são medidas indispensáveis para conter a circulação do vírus. O choro é livre, não dá pra gente reclamar”, disse na ocasião. Durante o telejornal desta quinta ela pediu desculpas pelo episódio. “Para reforçar a necessidade de isolamento social, usei no improviso uma expressão infeliz que precisa de um complemento para deixar bem claro o que queria dizer”, afirmou.

“Eu quis dizer que por mais que sejam amargas as medidas de isolamento, são necessárias para evitar o colapso do sistema de saúde, mas eu também entendo perfeitamente a dor dos pequenos e médios empresários que têm que manter os negócios fechados”, finalizou.

O momento acabou repercutindo também na TV Bandeirantes, onde o apresentador Neto rebateu Maju. “A gente tem que respeitar quem está trabalhando, quem precisa trabalhar para sobreviver. E isso é recado para a Maju, lá da Globo”, disse durante o programa Os Donos da Bola.

 

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade