Clique e assine por apenas 6,90/mês

Lojas de livros em shoppings vendem maioria dos títulos a 10 reais

Uma das redes não tem vendedores e funciona no sistema pegue-pague

Por Guilherme Queiroz - Atualizado em 10 jan 2020, 11h50 - Publicado em 10 jan 2020, 06h00

Para os paulistanos que não abrem mão de garimpar livros, vale visitar redes de fácil acesso que vendem títulos de gêneros variados por bons preços — mesmo que o acervo traga poucos lançamentos. Nas unidades da Top Livros, o valor fixo das obras é 10 reais. A rede conta com um esquema diferente: não possui funcionários nos pontos e opera no sistema pegue-pague. O consumidor escolhe o título e efetua o pagamento nas máquinas de cartão ou deixa o dinheiro em uma caixinha. Podem-se encontrar filiais no Boavista Shopping, Shopping D, Raposo Shopping e Tietê Plaza. Já a Promolivros vende exemplares de 10 a 30 reais, dependendo do tipo (teóricos de direito, por exemplo, costumam ser mais caros). A cadeia possui pontos no Butantã Shopping, Central Plaza, Shopping Metrô Itaquera, Shopping Metrô Tucuruvi, Raposo Shopping, Tietê Plaza e West Plaza.

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 15 de janeiro de 2020, edição nº 2669.

Publicidade