Livraria provoca ministro da Educação com envio de título cortado

O "presente", uma cópia de 'A Metamorfose', acompanhava carta "pedindo desculpas"

A livraria carioca Leonardo da Vinci enviou um presente inusitado para o ministro da Educação Abraham Weintraub nesta quinta-feira (16). O mimo era uma cópia cortada, faltando uma parte, de A Metamorfose, do escritor tcheco Frank Kafka.

O livro estava acompanhado por uma carta, em que a equipe da loja se desculpava pelo corte de 25% no exemplar, mas se defendia dizendo que “a situação das livrarias brasileiras está difícil”.

Além da referência aos contingenciamentos na pasta de Educação propostos pelo próprio ministro e pelo presidente Jair Bolsonaro, o negócio também brincou com a gafe cometida por Weintraub na semana passada, quando confundiu o nome de Kafka e o espetinho de carne árabe, a kafta.

Veja a íntegra da mensagem:

 (Reprodução/Veja SP)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s