Clique e assine por apenas 6,90/mês

Comediante Jerry Lewis morre aos 91 anos de idade

Na internet, celebridades brasileiras como Leandro Hassum, Matheus Solano e Bruno Mazzeo lamentaram a morte do humorista

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 20 Aug 2017, 16h19 - Publicado em 20 Aug 2017, 16h11

Jerry Lewis, o “Rei da Comédia”, morreu neste domingo (20), aos 91 anos. O ator, considerado um dos maiores comediantes de todos os tempos, estava em sua casa, em Las Vegas, nos Estados Unidos, segundo confirmou seu representante à revista Variety. Ele faleceu de causas naturais e rodeado por sua família às 9h15 (13h15 de Brasília).

O ator alcançou a glória pela primeira vez junto com Dean Martin, com quem atuou a partir de 1946 e formou uma das duplas mais memoráveis do humor americano. Foram dez anos de sucesso nos teatros e no cinema, com filmes como “O Marujo foi na Onda” (1952) e “O Rei do Laço” (1956). A produção mais famosa estrelada por Lewis, no entanto, foi “O Professor Aloprado” de 1963 — o longa ganhou uma nova versão na década de 1900, estrelado por Eddie Murphy.

Em 2012, Lewis apareceu ao lado de Leandro Hassum na comédia brasileira Até que A Sorte nos Separe (2012) — clique aqui para assistir. Na internet, celebridades brasileiras como Matheus Solano e Bruno Mazzeo lamentaram a morte do ator. Confira a repercussão: 

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

Jerry lewis o céu está cada vez mais incrível. #RIP #jerrylewisforever

A post shared by Leandro Hassum (@leandrohassum) on

Publicidade