Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Ivy e Mari ficaram na reta final da prova do líder

Mineira e baiana foram as finalistas da prova de resistência e concentração

Por Tatiane de Assis 10 abr 2020, 10h49

A prova do líder do Big Brother Brasil que teve início na noite de ontem (9) e percorreu a madrugada de hoje (10) teve como finalistas Ivy Moraes e Mari Gonzalez. Antes das duas brothers ficarem sozinhas na disputa, saíram da competição, em ordem de eliminação Rafa Kaliman, Gizelly Bicalho, Babu, Flayslane, Thelma e Manu Gavassi.

O embate entre Ivy e Mari se deu às 6h da manhã de hoje (10). Antecedeu a imagem do logotipo da Usaflex, uma cena bucólica e ensolarada de um floresta. Após a mineira apertar o botão e se certificar que ganhou, ela bateu repetidamente no totem e gritou de emoção. Enquanto isso, Mari estava com rosto abaixado, sem muita reação.

Como funcionou a prova do líder do Big Brother?

A última prova do líder do Big Brother Brasil parecia inofensiva quando foi explicada pelo apresentador Thiago Leifert. Os participantes estavam divididos em raias. Em cada uma delas, havia um totem com um botão. Esse deveria ser apertado quando a imagem com o logo da Usaflex aparecesse no telão à frente dos brothers. O último integrante do grupo a bater no totem era desclassificado.

Na hora de apertar o botão, havia uma regra. Os participantes deveriam estar sentados nas suas respectivas poltronas. Quem estivesse de pé seria desclassificado. Outra regra era que os brothers que restassem na prova, deveria trocar de sapatos em espécies de prateleiras com seus nomes e com uma dezena de pares ao seu dispor.

A escolha de Ivy

Depois de ganhar a liderança e a imunidade nesta madrugada, Ivy foi indagada por Gizelly sobre quem indicaria. A capixaba falou de Babu, mas a mineira disse que preferia votar em alguém que tivesse chances de sair.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade