Clique e assine por apenas 6,90/mês

‘New York Times’ publica vídeo de Felipe Neto detonando Bolsonaro

"Bolsonaro faz Trump parecer o Patch Adams", disse o youtuber em um dos jornais mais prestigiados do mundo

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 15 jul 2020, 12h28 - Publicado em 15 jul 2020, 12h23

O “New York Times”, principal jornal dos Estados Unidos e um dos mais influentes do mundo, publicou nesta quarta-feira (15) um vídeo do youtuber Felipe Neto. Nele, o brasileiro diz que Jair Bolsonaro é o pior presidente do mundo no tratamento contra o coronavírus.

O vídeo é um “op-ed”, termo em inglês que descreve uma opinião que não é a do jornal, mas que é publicada a fim de estimular o debate público.

“Quando o palhaço tem que falar sério, você sabe que o circo está provavelmente pegando fogo”, começa ele. Felipe Neto comparou o presidente dos Estados Unidos com o do Brasil. Ele disse que os americanos afirmam que Trump é o pior líder do mundo democrático e, em seguida, argumentou que Bolsonaro é o pior presidente.

Felipe lembrou a trajetória de Bolsonaro até chegar à presidência da República. “Bolsonaro é um militar que defendeu o uso da tortura durante a ditadura brasileira.” Em seguida, aparecem frases proferidas pelo capitão como “vamos metralhar a petralhada aqui do Acre” e “eu sou homofóbico, sim, com muito orgulho”.

Continua após a publicidade

“Bolsonaro faz Trump parecer o Patch Adams”, disse.

O youtuber expôs números da Covid-19 em território brasileiro e disse que aqui é o lugar onde a doença mais cresce no mundo e que o presidente não leva o assunto a sério. Ele disse que Bolsonaro foi à manifestações durante a pandemia e que defende a hidroxicloroquina, que não tem evidência científica contra a Covid-19.

O vídeo tem 6 minutos e 25 segundos termina com Felipe Neto pedindo que os americanos deixem Trump fora da Casa Branca nas próximas eleições porque o presidente brasileiro se utiliza da imagem dele para se promover.

Publicidade