Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

CCXP: as dicas e programas imperdíveis na maior feira de cultura pop do mundo

A edição 2019 do evento começou oficialmente nesta quinta-feira (5) e deve receber 280 000 pessoas até domingo (8)

Por Tatiane Rosset Atualizado em 14 fev 2020, 15h49 - Publicado em 5 dez 2019, 20h20

CCXP 2019 começou oficialmente nesta quinta-feira (5) e deve receber 280 000 pessoas até domingo (8), quando a sexta edição da feira chega ao fim após o painel da Warner Bros., que contará com a presença de Gal Gadot. A atriz vem a São Paulo para divulgar Mulher-Maravilha 1984.

É muito fácil se perder — e, principalmente, se distrair — durante a visita ao pavilhão da São Paulo Expo, na Zona Sul. A Vejinha esteve na spoiler night de quarta-feira (4) e também acompanha a CCXP desde sua primeira edição, em 2014, quando ainda era chamada “Comic Con Experience”. Separei, então, algumas dicas valiosas para você aproveitar o seu dia da melhor maneira possível. Fica o aviso: os ingressos já estão esgotados há semanas. Não garantiu a entrada? Compartilhe esse post com um amigo!

Para começar a curtir, você precisará chegar até a CCXP, não é mesmo? Se escolher ir de carro até o pavilhão, saiba que você enfrentará trânsito — especialmente na alça de acesso que leva os visitantes até o estacionamento da São Paulo Expo. Há muitas vagas, mas nem sempre elas são páreo para os milhares de nerds que frequentam o espaço. A minha dica? Se o seu joelho aguentar e a sua saúde permitir, vá de metrô: desembarque na estação Jabaquara e caminhe por cerca de 15 minutos até o pavilhão. É possível que você enfrente um aperto para voltar para casa após o fim do evento, mas vale a pena. O evento também oferece táxi e ponto de encontro da Uber e outros apps. Já usei (quase) todos os modais para chegar e deixar o evento. Meu favorito segue sendo o metrô.

Ariel Martini/Veja SP

Antes de chegar ao São Paulo Expo, baixe o aplicativo da CCXP no celular. Lá, você encontra os eventos e aparições mais concorridos, a line-up de artistas que passarão pela cidade em 2019 e também um mapa — acredite, você irá precisar se orientar. É improvável que você consiga assistir a um painel no concorrido Auditório Cinemark XD, mas há uma série de outras atrações gratuitas para aproveitar o dia. É só ter paciência. O evento funciona como um parque de diversões, então programe-se e escolha com sabedoria onde gostará de aproveitar a sua tarde.

Testados e aprovados: são apenas três horas de spoiler night, mas nesse pouco tempo consegui experimentar algumas das opções de entretenimento da CCXP. A minha favorita foi a experiência Jedi, que celebra o lançamento de Star Wars — A Ascensão de Skywalker no estande da Disney. Na experiência, você é treinado por um mestre com sabres de luz “de verdade”. Há dicas de posições de ataque e defesa e até um combate pouco animado com os colegas. No final, você ainda recebe um souvenir pra lá de fofo, um diploma que comprova que você agora faz parte da “honrada ordem dos cavaleiros Jedi”. Acho que conquistei o título só porque não arranquei o olho de ninguém durante a brincadeira.

Continua após a publicidade

É fã de Stranger Things? Não hesite em visitar o estande da Netflix, onde você encontrará uma versão do Shopping Starcourt, onde os protagonistas enfrentam muitas aventuras, de monstros aos desafios da adolescência, durante a 3ª temporada do seriado. Converse com os atendentes da sorveteria Scoops Ahoy e passe por uma transformação como Max e Eleven. O lugar é divertido especialmente para quem quer tirar fotos bonitonas para compartilhar no Instagram. Além de Stranger Things, ainda há atrações para quem é fã de Black Mirror e outras séries e filmes da plataforma de streaming.

Também visitei as brincadeiras do estande da HBO, que fazem referência aos principais seriados do serviço: WestworldWatchmen His Dark Materials. Menos divertida do que a experiência de Game of Thrones em 2018, ainda vale a brincadeira se você assiste às séries. A fila também é bastante organizada, com a distribuição de pulseiras por horários. Há ainda os espaços da Amazon Prime Video, Maurício de Souza e da Warner Bros. — no estúdio de Mulher-Maravilha Aves de Rapina, é necessário baixar um aplicativo e fazer uma reserva para garantir seu passeio por atrações como o sofá do Central Perk, de Friends. Ah, e na falta de uma tirolesa, a CCXP tem duas: no estande da globoplay e no da Disney, celebrando a estreia de Mulan, que chega aos cinemas em março de 2020.

Ariel Martini/Veja SP

A melhor atração, no entanto, talvez seja a réplica do Expresso de Hogwarts, localizado bem no fundo do pavilhão, próxima à loja oficial do Harry Potter — que sim, também tem muitas filas de acesso. Não é necessário enfrentar longas horas: basta chegar, esperar para fazer um clique caprichado e compartilhar nas redes sociais. Ganha pontos se estiver usando a capa da sua casa! Outra atração que não custa nada? Fazer fotos divertidas com as action figures em tamanho real espalhadas pelo pavilhão, como a que registra o embate entre Voldemort e Harry Potter.

Ariel Martini/Veja SP

Se enfrentar filas para participar das ativações ou entrar em lojas concorridas, como a Riachuelo e a Piticas, não faz muito o seu estilo, faça como eu: aproveite o melhor da Artists’ Alley. São 500 artistas, dos mais populares aos mais alternativos, vendendo quadrinhos, HQ’s, zines e ilustrações que ainda nem chegaram às lojas. Sinceramente? É a minha parte favorita da CCXP. Em 2019, eles propõem uma espécia de álbum de figurinhas colecionável que promete ser uma experiência bastante divertida. Você compra o encarte por 20 reais e sai passeando pelo espaço, conhecendo novos trabalhos e novos talentos, e ganhando figurinhas gratuitas pelo caminho. Ao fim, ainda tem um souvenir divertido. Mas atenção, pois quadrinistas conhecidos, como Rafael Grampá ou Gabriel Picolo, chamam muita atenção e atraem muitas filas. Ou seja, pode ser mais difícil garantir aquele autógrafo.

Ariel Martini/Veja SP

Espero que você tenha gostado das dicas! E aí, tem mais alguma sabedoria para compartilhar com a gente? Deixe seu comentário ou mande um “alô” para gente nas redes sociais!

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade