Clique e assine por apenas 6,90/mês

Bellini é o melhor italiano de Campinas

Receitas das principais regiões da Itália compõem o cardápio campeão

Por Miguel Icassatti - Atualizado em 14 Feb 2020, 16h02 - Publicado em 28 May 2018, 18h37

Sob o comando do potiguar Rodrigo Varela, há seis anos chef da casa, o imponente restaurante conquista o título da especialidade pela décima vez. O cardápio contempla receitas das principais regiões da Itália. Estão ali pratos difundidos por todo o país e baseados em massas frescas — fabricadas no próprio restaurante —, como o fagottini all’arrabiata, recheado com redução de molho arrabiata, servido com lascas de polvo com azeite, cebola-roxa e ervas (R$ 59,00), e o nhoque frito com tomate-cereja, minirrúcula e queijo grana padano (R$ 22,00). Do norte da Itália vêm os risotos, como o de camarão (R$ 73,00). E há um capítulo dedicado aos assados, no qual se destaca a costela bovina assada em baixa temperatura e levada à mesa ao lado de risoto de palmito (R$ 78,00). Entre as so bremesas, a tradicional panacota é um flã preparado com creme de leite fresco, baunilha e coberto por calda de frutas vermelhas (R$ 20,00). A extensa carta de vinhos, também laureada por VEJA COMER & BEBER em edições anteriores, contém rótulos dos principais países produtores e dá atenção especial aos italianos, que são apresentados de acordo com as regiões de origem: Vêneto, Toscana, sul da Itália e Piemonte, de onde vem o Nebbiolo d’Alba da Azienda Agricola Cornarea 2012 (R$ 140,00). Hotel Vitória, Avenida José de Souza Campos, 425, Cambuí, ☎ 3755-8027 (105 lugares). 12h/15h e 19h/23h30 (dom. só almoço até 16h; sex. e sáb. jantar até 0h). Aberto em 2003. $$$

2º lugar: Fellini

3º lugar: Maialini

Publicidade