Imagem Blog

Tudo Sobre Cinema

Continua após publicidade

O sucesso de Ghilherme Lobo, o garoto cego de Hoje Eu Quero Voltar Sozinho

Paulistano de 19 anos, Ghilherme Lobo vem atraindo a atenção de quem assiste ao drama romântico gay Hoje Eu Quero Voltar Sozinho – ele interpreta o adolescente cego Leo. O ator, que esteve em Berlim e Guadalajara para participar de festivais, já colhe os frutos de seu ótimo trabalho. Ghilherme já havia feito o mesmo papel […]

Por Miguel Barbieri Jr.
Atualizado em 26 fev 2017, 22h05 - Publicado em 1 Maio 2014, 20h38

Paulistano de 19 anos, Ghilherme Lobo vem atraindo a atenção de quem assiste ao drama romântico gay Hoje Eu Quero Voltar Sozinho – ele interpreta o adolescente cego Leo. O ator, que esteve em Berlim e Guadalajara para participar de festivais, já colhe os frutos de seu ótimo trabalho. Ghilherme já havia feito o mesmo papel no curta-metragem Eu Não Quero Voltar Sozinho, também dirigido por Daniel Ribeiro, quatro anos atrás.

Vote na enquete: qual o super-herói mais sexy do cinema?

Ghilherme Lobo em cena de Hoje Eu Quero Voltar Sozinho

Ghilherme Lobo em cena de Hoje Eu Quero Voltar Sozinho

Quais as principais mudanças que um personagem cego provocou em sua vida? Depois do curta-metragem, minha atenção voltada à acessibilidade aumentou muito. Me lembro, por exemplo, de ter dado mais importância à existência de piso tátil do que à sala de computadores quando fui conhecer o colégio onde cursei o primeiro ano do Ensino Médio.

Algumas pessoas me perguntam se você é realmente cego. Usou algum truque para viver Leo? Em 2010, na fase de ensaios do curta, tive aulas de braile. Aprendi como guiar um cego e como ser guiado como sendo um. A técnica que usei para parecer cego foi mirar o olhar em um ponto fixo e prestar atenção em tudo, com o objetivo de deixar o olhar fixo, porém sem foco.

Continua após a publicidade
Ghilherme aprendeu braile para interpretar o personagem

Ghilherme aprendeu braile para interpretar o personagem

Como foi a recepção dos estrangeiros à sua atuação? Tanto em Berlin quanto em Guadalajara, a recepção foi muito boa. Algumas pessoas acreditaram que eu era cego e eu considero isso um elogio.

Quer ter informações diárias sobre cinema? Venha conhecer e curtir minha página no Facebook.

Numa sessão em que eu estava, uma garota gritou “que nojo!” quando há o selinho entre os meninos. Você já escutou esse tipo de reação e qual seria sua resposta para alguém que se comporta assim? Uma vez, um garoto sentado perto de mim começou a se lamentar na hora do primeiro beijo. Ele dizia: “Ah não, velho… Ah, não…”. Mas creio que a resposta está quando o filme termina.

Continua após a publicidade

Acredita que um beijo gay pode atrapalhar ou ajudar na sua carreira? Acho que pode ajudar. Afinal, mostra que eu sou um ator disposto a quebrar barreiras e tabus.

Como foi a convivência nos quatro anos que separam o curta do longa-metragem com os outros dois atores do filme? Depois da estreia do curta, em 2010, no Festival de Paulínia, cada um seguiu seu caminho. A Tess Amorim foi fazer intercâmbio e o Fábio Audi estava concluindo o curso na faculdade. Eu continuei os estudos na escola. Foi engraçado voltar a encontrá-los em 2012 para discutir sobre o longa e fazer a leitura de roteiro, sobretudo pela disponibilidade de datas etc. Mas foi como não tivesse existido esse intervalo nas nossas vidas.

Mudou algo em sua vida depois da fama? Meu cotidiano passou por uma forte transformação nas últimas semanas por causa dos compromissos que surgiram em decorrência do lançamento do filme. Às vezes, dou autógrafo, mas, normalmente, quando alguém me reconhece, me parabeniza e pede pra tirar uma foto.

+ O elenco de Frozen dança Thriller, de Michael Jackson. Assista!

Continua após a publicidade

+ Surpreendente! O passado e o presente do elenco de Sex and the City

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.