Imagem Blog

Terraço Paulistano Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.
Continua após publicidade

Após caso de racismo com a filha, Samara Felippo estrela comédia sobre ser mãe

Com Carolinie Figueiredo, peça reúne dilemas vividos pelas duas na carreira e maternidade: 'Se a Globo não te chama mais, parece que estou no ostracismo'

Por Humberto Abdo
Atualizado em 3 Maio 2022, 22h14 - Publicado em 1 abr 2022, 06h00

A partir de 15 de abril, os desafios e dilemas da maternidade subirão ao palco do Teatro Nair Bello. Escrito e encenado pelas atrizes Samara Felippo, 43, e Carolinie Figueiredo, 32, o espetáculo Mulheres que Nascem com os Filhos é resultado de algumas das experiências dramáticas e reveladoras vividas por elas — de racismo a depressão pós-parto.

“Quando Carol teve o segundo filho, eu passava na casa dela depois da academia para compartilhar aquela endorfina”, conta Samara. “Nós duas tínhamos nossas dores e nos inspiramos muito no Cócegas, de Ingrid Guimarães e Heloísa Périssé, para fazer uma comédia.”

A dupla também compartilhava as preocupações e incertezas da profissão, com os hiatos entre uma novela e outra. “Com a carreira pausada e o contrato na Globo prestes a acabar, eu pensava que tinha ferrado minha vida e escolhido uma trajetória errada, diferente da que deveria tomar como mulher e atriz”, desabafa Carolinie.

“A gente fica bem à mercê de produções e novos convites, sem saber se somos capazes de fazer outras coisas. Se a Globo não te chama mais, parece que não produzo, estou no ostracismo, na geladeira. Com essa peça, descobri que trabalho com a arte acima de tudo”, acrescenta Samara, que decidiu produzir um novo podcast e ainda ataca de DJ e produtora da festa Apocalipse Tropical, em São Paulo. “E eu vou começar a estudar psicologia, depois de superar a ideia de que estava velha demais para isso”, completa Carol.

Continua após a publicidade

 

+Assine a Vejinha a partir de 12,90.

Para mais novidades e destaques paulistanos, siga Humberto Abdo no Instagram e no Twitter.

Publicado em VEJA São Paulo de 6 de abril de 2022, edição nº 2783

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.