Imagem Blog

O Sexo e A Cidade Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Blog
Histórias, novidades e estratégias dos empresários do mercado erótico em São Paulo
Continua após publicidade

Orgasmos “supra-humanos”, hologramas e outros avanços no sexo do futuro

Cientistas dizem também que as pessoas poderão alterar sua anatomia e biologia para melhorar a "performance"

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
20 dez 2019, 12h23

Capacetes cheio de sensores, hologramas, robôs e até um “orgasmo supra-humano”! O futuro do sexo parece bem animado, segundo o estudo recém-lançado da Isobar, agência de transformação digital.

A pesquisa “Amor & Sexo na Era Digital” também analisou cinco aplicativos de encontros (Grindr, Happn, OkCupid, ParPerfeito e Tinder) e quatro sites pornográficos (Pornhub, RedTube, XVideos e YouPorn). Concluíram que a maior parte dos usuários entra nesses aplicativos para “diversão”. Encontrar um grande amor aparece só lá em quarto lugar. E, claro, o celular ainda vai longe como ferramenta fundamental de paquera.

Outra curiosidade detectada são as engenhocas. Um dos lançamentos recentes na pornografia é um capacete equipado com sete câmeras e microfones. Os atores pornôs se filmam durante a “performance” e, ao assistir, o espectador (ou espectadora) tem a impressão de estar em cena.

Os cientistas dizem inclusive que as pessoas poderão facilmente alterar sua anatomia e biologia, fundir-se às máquinas e fazer um sexo supra-humano (uau!). Esse cenário que parece enredo de Striking Vipers (foto), episódio da mais recente temporada da série futurista Black Mirror, da Netflix, tornaria-se realidade logo ali, em 2027. Humm… Mas será mesmo? E principalmente: será que isso seria bom?

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.