Imagem Blog

São Paulo nas Alturas

Por Raul Juste Lores
Redator-chefe de Veja São Paulo, é autor do livro "São Paulo nas Alturas", sobre a Pauliceia dos anos 50. Ex-correspondente em Pequim, Nova York, Washington e Buenos Aires, escreve sobre urbanismo e arquitetura
Continua após publicidade

Edifício Intercap é preciosidade na Praça da República

A construção de 1951 parece muito mais jovial que seus vizinhos neoclássicos

Por Raul Juste Lores Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 5 fev 2020, 13h53 - Publicado em 3 ago 2018, 06h00

Com apartamentos de 350 metros quadrados, o edifício Intercap (de 1951) surgiu apenas dez anos depois dos seus dois vizinhos neoclássicos na Praça da República. Até hoje, parece muito mais jovial. As leis então permitiam prédios geminados, sem recuos, como em um quarteirão parisiense ou portenho, e com lojas no térreo.

(Raul Justes Lores/Veja SP)

Ele foi construído pelos irmãos Nelson e Wilson Mendes Caldeira, donos da Intercap, banco de títulos de capitalização. Criadores também da Bolsa de Imóveis de São Paulo, eles lançaram vários edifícios com o mesmo arquiteto, o judeu polonês Luciano Korngold, que fugiu da Polônia ocupada pelo nazismo para a Itália. Lá, graças a um acordo secreto entre Vaticano e Itamaraty, ele conseguiu um visto para o Brasil. Projetou trinta prédios aqui.

(Raul Justes Lores/Veja SP)
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.