Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Xuxa manda recado a cantora gospel que disse que gays terão ‘morte eterna’

As declarações de cunho homofóbico de Bruna Karla em entrevista ao podcast 'Positivamente' geraram revolta

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 21 jun 2022, 17h25 - Publicado em 21 jun 2022, 17h23

Em live no seu perfil do Instagram, Xuxa Meneghel se revoltou com comentários homofóbicos de Bruna Karla que viralizaram na internet nos últimos dias. “Ao invés de melhorar parece que as coisas estão piorando”, disse a apresentadora. 

+ Metrô de SP recebe unidade móvel de assistência à população LGBTQIA+

A cantora gospel disse que se recusou a cantar no casamento de um amigo com outro homem e que relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo são o “caminho para morte eterna”. As falas são de uma entrevista que deu à Karina Bacchi para o podcast Positivamente. “Se Deus é amor, se Deus fez você do jeito que é, como alguém pode dizer que você não é filho de Deus, que Deus não te ama?”, rebateu Xuxa.

“‘Eu não sou homofóbica, tenho até amigo bicha’. Olha que coisa ridícula isso, gente. Tem mais homofobia que isso?“, comentou Xuxa sobre reposta de Bruna Karla dizendo que não era preconceituosa. 

Xuxa ainda disse: “Se as pessoas se unissem e dissessem para esses preconceituosos a gente não trabalha mais, eu queria ver se o mundo iria para frente para essas pessoas.”

Em resposta aos comentários negativos sobre seu posicionamento, ela pediu “pelo amor de Deus não me siga, não fale comigo, não dirija nem o olhar para mim, porque é uma energia que eu não quero na minha vida”.

Outros artistas também se indignaram com as falar de Bruna Karla. Em um dos trios da Parada do Orgulho LGBT+, no último domingo (19), Jojo Todynho comentou: “Eu quero deixar um recado para vocês. Sabe o que aconteceu nesta semana? De uma fala da Bruna Karla. Eu só tenho uma coisa para dizer: Deus é o maior! Deus é amor! A parada é pro amor! Nós queremos o amor e menos os ódio! Chega de matança! Chega de intolerância! Somos gays, sim! Somos pretos, sim!”

Continua após a publicidade

Confira os comentários sobre o caso no Twitter:

+ Assine a Vejinha a partir de 12,90

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)