Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Professora realiza sonho de alunos com ‘hamburgada’ em colégio

A história de Ludmila Cruzal, que é professora há 15 anos, emocionou internautas no Facebook, onde já acumula mais de 180 000 reações em poucos dias

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 14 ago 2017, 19h46 - Publicado em 14 ago 2017, 19h36

Professora há 15 anos, Ludmila Cruzal ficou emocionada com uma situação que enfrentou na sala de aula. A profissional, então, compartilhou a experiência em um post emocionado no Facebook, que já tem mais de 180 000 reações.

Na publicação, ela revela que descobriu, durante uma atividade com os alunos, que a maioria da sala de aula do colégio público na cidade de Magé, no Rio de Janeiro, tinha um sonho simples: comer hambúrguer.

Ao descobrir o desejo das crianças, a professora separou dinheiro do próprio bolso para organizar uma hamburgada para os alunos. “Sou professora de educação infantil e gostaria de compartilhar uma experiência com vocês que aconteceu em minha sala de aula. Vivo duas realidades completamente diferentes, pois em um horário trabalho em uma escola (creche) pública e no outro turno em uma particular (professor tem que falar o dia todo, né?)“, comentou a profissional no Facebook.

Ao retornar do recesso escolar, na escola pública, fui apresentar a letrinha ‘H’ e dei algumas opções para que votassem qual gostariam de escrever a aprender melhor: hipopótamo, hospital e hambúrguer“, relatou a professora. “Eles escolheram hambúrguer porque um aluno foi ao McDonald’s e contou sua experiência para seus amiguinhos!“.

A surpresa, no entanto, veio quando Ludmila perguntou quem gostava de hambúrguer na sala de aula: “‘Levanta a mão quem gosta de hambúrguer?’. Para a minha surpresa, pouquíssimos. Perguntei: ‘Como assim não gostam de hambúrguer?’“, perguntou a professora aos alunos. “‘Tia, nunca comi um, mas já sonhei que comia’“, foi a resposta de uma criança. “Respira, engole o choro e refletir é inevitável. Algo tão simples para tantos, tão frequente para muitos que chega a ser utópico acreditar que eles nunca comeram“, refletiu a profissional no Facebook. Confira: 

Continua após a publicidade

Ludmila, então, armou um plano: com o próprio dinheiro, organizou uma hamburgada para os alunos — e compartilhou o resultado da experiência no Facebook. “Esperei o dindim cair na conta e amanhã vamos fazer uma hamburgada para toda a turminha! Vou acordar e comprar o pão fresquinho. A nutricionista da creche autorizou e a diretora também. Infelizmente não tenho condições de comprar um McLanche Feliz para cada um, mas um pouquinho de alegria tenho certeza que conseguirei. Desculpa o textão!“, finalizou a professora.

A publicação foi feita na quinta (10) e Ludmila está surpresa com a repercussão da história: “Ainda estou sem acreditar, acho que não gastei 60 reais para fazer os lanches!“, relembrou em um comentário na rede social. Uma das fotos que chamou a atenção? A opinião dos pequenos comilões: “Realizou meu sonho, agora pode fazer pizza!“, escreveu um. “Na próxima vez a tia prometeu que vai trazer a coroa, igual a do shopping!“, escreveu outro aluno, fazendo referência à lanchonete Burger King.

Continua após a publicidade

Dê sua opinião: E você, o que achou da história de Ludmila? Deixe seu comentário e aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook!

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.