Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Após comentário, Nicette Bruno manda indireta no “Encontro”

"Você pode ter dez filhos. Os dez serão diferentes", desabafou a atriz após ouvir a opinião de uma convidada da plateia no "Encontro" desta quinta (22)

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 22 jun 2017, 15h21 - Publicado em 22 jun 2017, 12h44

Em programas ao vivo, nunca se sabe o que pode dar errado. Foi o que aconteceu no Encontro desta quinta (22), quando uma convidada da plateia deu uma declaração para lá de polêmica: a mulher, chamada Iolanda, disse que não aceitaria um filho gay e que o levaria a um especialista se descobrisse sua homossexualidade. Quem roubou a cena, então, foi Nicette Bruno.

Ao ouvir a declaração da mulher, a atriz veterana da Rede Globo esboçou espanto. Muitos espectadores repararam na reação dela, mas o que fez sucesso mesmo foi a “indireta” que Nicette mandou para a mãe preconceituosa:

As pessoas não são iguais, não tem duas pessoas iguais. Cada um tem a sua individualidade, tem o seu caminho a seguir e todos devem conviver da mesma forma e da mesma maneira. Porque é curioso que fica se pensando, nesse caso da homossexualidade, como se fosse uma coisa estranha, uma coisa diferente, um defeito. Não é! Meu Deus, é a vida, é a individualidade da pessoa“, disse.

Você pode ter dez filhos. Os dez serão diferentes. Você vai educá-los de acordo com a sua visão de família. Mas, para cada um, você precisa ter um sentido único, porque eles são diferentes. Então não são eles que precisam se modificar, você que tem que se adaptar a cada um deles, pois isso forma uma família, não é?“, finalizou a atriz, muito aplaudida pela plateia.

Na sequência, Fátima Bernardes acrescentou: “Na verdade, eu acho que muito é a expectativa que os pais geram em relação aos filhos, que provoca esse desconforto“. Nicette Bruno, novamente, deu uma resposta muito comemorada: “É um problema de preconceito, sim. Claro que isso já vem de muito tempo e isso é incutido nas pessoas desde muito cedo a ter esse preconceito“, disse. Assista:

https://youtu.be/kcc9tWedDIU

No Twitter, muitos internautas elogiaram a opinião da atriz, que tem 84 anos de idade. Confira a repercussão:

Continua após a publicidade

Dê sua opinião: E você, o que achou da “indireta” de Nicette Bruno para a convidada do Encontro? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

a partir de R$ 12,90/mês