Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Mãe de gêmeos chama atenção ao fazer apelo no Instagram

Na publicação, a jovem de 19 anos revela as dificuldades de aceitar o próprio corpo após dar à luz e faz pedido para outras mulheres e mamães

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 12 mar 2018, 19h02 - Publicado em 12 mar 2018, 18h15

A mamãe de primeira viagem Emily Houslton está dando o que falar no Instagram: a jovem de 19 anos deu à luz os gêmeos Arthur e Finley em novembro de 2017. No dia 2 de março, ela compartilhou uma foto de sua barriga após o nascimento das crianças. Com estrias e a cicatriz de uma cesárea, quis conscientizar outras mães sobre as pressões da maternidade. No clique, os meninos aparecem deitados ao lado da barriga de Emily.

A imagem já recebeu mais de 3 500 curtidas. “Esse é um post bastante pessoal para mim. Dei à luz há quatro meses e estou começando a abraçar o que meu corpo se tornou“, escreveu, no Instagram. “Abriguei dois belos bebês por 36 semanas e amamentei as crianças por cinco semanas. A gravidez não foi exatamente fácil. Os meninos queriam sair cedo demais e fiquei hospitalizada em algumas ocasiões por causa de desidratação e contrações antecipadas“.

Nossos corpos enfrentam muitas adversidades, muita coisa muda e o nosso corpo tem que lidar com uma enorme carga de estresse. Estou muito orgulhosa por carregar crianças tão lindas e alimentá-las, aquecê-las e, mais importante, amá-las mais do que eu jamais imaginei que amaria. A cicatriz que terei pelo resto da vida é um pequeno sacrifício pela vida inteira de belas memórias com a minha família“.

As suas estrias não te definem, as suas cicatrizes não te definem, a sua barriga flácida não te define. Você é incrível, você é uma mãe e você é a luz dos seus bebês. Eu queria compartilhar essa história para mostrar a realidade dos nossos corpos e mostrar que está tudo bem não ser perfeita porque, aos olhos deles, você é“, finalizou a mulher no desabafo. Confira: 

Continua após a publicidade
View this post on Instagram

Okay, this is quite a personal post but I am now 4 months postpartum and beginning to embrace what my body has become, I’ve housed two beautiful babies for 36 weeks and breastfed for 5 weeks. My pregnancy wasn’t exactly an easy ride these boys wanted to come out early and I was hospitalised a few times because of dehydration and early contractions, our bodies go through a lot, a lot of change and your body is put through an enormous amount and I am so proud of myself that I carried such beautiful children and gave them food, warmth and most importantly all the love that I never thought I had. With a scar that I will have for the rest of my life is a tiny sacrifice for a lifetime of beautiful memories with my family. Your stretch marks DO NOT define you, your scar DOES NOT define you, your flab DOES NOT define you. You are incredible, you are a mother and you are the light of your babies eyes. I wanted to share this to show the reality of our bodies and that it’s okay not to be perfect because in their eyes you are exactly that. #identicaltwins #twins #csectionrecovery #babies #brave #scar #csectionstrong #stretchmarks #beautiful #perfect

A post shared by ᗩᖇTᕼᑌᖇ & ᖴIᑎᒪEY (@marson.twins) on

Nos comentários, seguidores da mamãe elogiaram a coragem dela: “Que publicação incrível. Você está muito bonita e seus bebês são lindos. Eu tenho tido dificuldades para aceitar o meu corpo após o nascimento do meu filho, mas você está certa. Espero conquistar a sua positividade e confiança“, escreveu uma mulher. “Mais mulheres deveriam ser como você. Eu acho que, nas redes sociais, temos a tendência de publicar o que nós achamos que as pessoas esperam e querem ver, e não como a realidade é“, elogiou outro seguidor.

Emily revelou que foi inspirada a fazer a publicação após enfrentar dificuldades para aceitar o próprio corpo. “Quero pedir para que as mulheres não se sintam obrigadas a voltarem a seu corpo original, para que elas aceitem como são — com cicatrizes, estrias e tudo mais“. 

As informações são do The Daily Mail.

Dê sua opinião: E você, o que achou da história de Emily? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.