Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Fim do mundo em 2012? Inri Cristo diz que não

Caros seguidores do Pop! Pop! Pop!: há uma esperança. Apesar dos vários sinais apocalípticos da cultura pop, o mundo não vai acabar no dia 21 de dezembro deste ano. Por quê? Para garantir que tudo vai terminar bem, fomos atrás de um especialista na vida, no universo e em tudo mais: Inri Cristo. Inri, para […]

Por VEJASP Atualizado em 27 fev 2017, 11h49 - Publicado em 26 nov 2012, 11h25

Caros seguidores do Pop! Pop! Pop!: há uma esperança. Apesar dos vários sinais apocalípticos da cultura pop, o mundo não vai acabar no dia 21 de dezembro deste ano. Por quê? Para garantir que tudo vai terminar bem, fomos atrás de um especialista na vida, no universo e em tudo mais: Inri Cristo.

Inri, para quem ainda não o conhece, é um líder religioso nascido em Indaial, Santa Catarina, que proclama ser a reencarnação de Jesus Cristo. O profeta é habituée de programas de TV, onde divulga os ensinamentos da instituição Suprema Ordem Universal da Santíssima Trindade, que fundou em 1982. A seguir, leia cinco perguntas que fizemos a Inri sobre o fim do mundo:

O mundo vai acabar em dezembro deste ano?

O mundo vai acabar sim, para todos os que morrerem até aquela data. Mas a vida na Terra continua. O mundo em si não acabará, e sim haverá o fim deste mundo caótico. Ocorrerá uma grande limpeza no planeta, uma renovação, uma varredura de toda a sujeira que contamina a Terra. Não obstante, o dia e a hora, como eu já disse há dois mil anos, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho. Só o Pai.

Mas o mundo vai acabar em algum momento?

Estamos na iminência de um parto dolorido que culminará no alvorecer de uma nova era de paz, que perdurará por pelo menos mil anos. Isso não é meramente uma questão de crença. É uma previsão desde os tempos imemoriáveis que Deus facultou a alguns vislumbrar, como foi o caso do profeta Isaías. E, acima de qualquer previsão, a lógica e a matemática confirmam todas as profecias sobre o fim deste mundo caótico. Só que a lógica e a matemática nos levam a raciocinar dentro da racionalidade, diante das evidências, diante dos fatos, diante do que os nossos olhos veem.

Há sinais de que o fim está próximo?

Na atual conjuntura, as circunstâncias ambientais, a explosão demográfica, a fabricação de novas bombas atômicas, as guerras que estão em curso… é tudo apenas um prenúncio, uma preparação psicológica para a humanidade. São sete bilhões de pessoas na terra – isso é uma estatística oficial, mas existem muito mais – dentre as quais são um bilhão de pessoas famintas, e por “coincidência” são um bilhão de pessoas que nunca tocaram em escova de dente, de acordo com dados da OMS. Quem raciocina dentro da lógica e da racionalidade, começa a perceber que os valores estão todos invertidos.

Continua após a publicidade

Por quê?

Hoje em dia, na sociedade, mesmo aqui no Brasil, os criminosos são prestigiados. Quando morre um profissional do crime, um batalhão de militantes dos direitos humanos começam a se manifestar, e quando são mortos os agentes de segurança, os que cuidam da sociedade, é como se morresse uma mosca. Essas são as evidências, os sinais, as provas matemáticas de que o mundo está sendo preparado… e não acontece só aqui no Brasil. No mundo inteiro está assim.

Como podemos nos proteger do fim do mundo?

A tragédia nuclear é impossível evitar. É uma coisa que já está anunciada, prevista há milênios. O que pode sim é cada um se situar face ao Cosmos, ao Infinito, ao Eterno, ao poder de Deus, estabelecendo uma simbiose com Ele, meu pai, que é o Supremo criador, único ser incriado, único eterno, único ser digno de adoração e veneração. Ele permitiu que o ser humano descobrisse a bomba atômica, mas ao mesmo tempo, depois que a grande deflagração tiver acontecido, o senhor, meu pai, inspirará os cientistas sobreviventes a descobrir um método natural de anular os efeitos da radiação, encontrarão um antídoto dentro da própria natureza, dentro do próprio meio que sobrará após a hecatombe nuclear. Quem viver verá.

Mais aliviados? Antes que o planeta acabe, então, veja a versão do hit Gangnam Style produzida pelas Inrizetes:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=BCZFyfsThS4?feature=oembed&w=500&h=281%5D

+ Mãe Dináh: “Fim do mundo é besteira. O que me preocupa mesmo é a Copa do Mundo”

+ Veja nossa lista de programas bacanas para fazer antes do fim do mundo

+ Leia mais novidades do blog Pop! Pop! Pop!

Continua após a publicidade

Publicidade