Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Faustão rompe silêncio e fala sobre saída da Globo em rara entrevista

O apresentador deixou a emissora após 33 anos para voltar à Band: "É claro que eles não iam me deixar na vitrine"

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 12 jan 2022, 10h32 - Publicado em 12 jan 2022, 10h30

Fausto Silva, o Faustão, quebrou o silêncio e falou pela primeira vez sobre sua polêmica saída da Rede Globo, emissora onde trabalhou por mais de 30 anos. As declarações foram dadas ao podcast Rap 77, de Júnior Coimbra.

“Isso aí é uma coisa normal (a saída). Não posso falar nada. Fiquei num lugar por 33 anos. Fui muito feliz lá. Consegui trabalhar com gente como o Boni, foi o melhor presente que a vida me deu. Daniel Filho, Carlos Manga, Paulo Ubiratan… Trabalhei com gente que fez a televisão brasileira mesmo. Durante 33 anos”, disse Faustão.

+ Farsa da grávida de Taubaté completa 10 anos: como ela enganou o Brasil?

Ele também disse que entende a decisão da Globo de tirá-lo do ar de forma repentina, sem direito a despedida do público.  “A partir do momento que eu me antecipei em dizer que ia voltar para a Band, é claro que eles não iam me deixar na vitrine. Não tem problema nenhum. Página virada e olhar para a frente”, completou o comunicador.

O programa de Faustão na Band tem estreia marcada para a segunda-feira (17), às 20h30. Ele falou sobre a decisão de retornar à emissora que o projetou. “Eles precisavam de uma programação. Falei ‘olha, eu, depois de velho, vão me inventar essa história’. Eu estava numa praia que era a minha praia há bastante tempo, que era o domingo”, explicou.

+ Gusttavo Lima é processado após divulgar número de telefone em música

“Para fazer o mesmo tipo de programa, não vale a pena. Vamos tentar fazer um programa diferente por dia. E é o que a gente vai tentar fazer. E, principalmente, levar alegria e otimismo”, arrematou.

Continua após a publicidade

Publicidade