Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Carmo Dalla Vecchia: “Achava que ao me expor, poderia ter problemas”

Ator disse que teve medo de se assumir gay, mas que desejo de se posicionar “foi mais forte”

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 9 ago 2022, 11h00 - Publicado em 9 ago 2022, 10h59

O ator Carmo Dalla Vecchia disse que teve medo das consequências que se assumir gay poderia gerar em seu trabalho, mas que, hoje, tem orgulho por ter sido corajoso para tomar essa atitude. “Eu achava que ao me expor poderia ter problemas. Fui claramente advertido quanto a isso algumas vezes, mas o desejo de me posicionar foi mais forte. Para mim foi muito claro que se o preço que eu teria que pagar para trabalhar seria me ausentar de quem eu era, esse valor eu já não estava mais disposto a dispor”, afirmou em entrevista ao site Gay Blog.

+ Como São Paulo se prepara para conter o avanço da varíola dos macacos

Atualmente no ar na novela Cara e Coragem, da TV Globo, ele disse que tinha preconceitos internos mesmo sendo homossexual, e precisou lutar contra isso. “Precisei descobrir que mesmo compondo uma letra da sigla LGBTQIA+ eu poderia ter um preconceito cultural arraigado na minha própria cabeça. Acho que minha decisão acompanhou um movimento meu e ao mesmo tempo um momento que o mundo está passando”, falou.

“Hoje sou um gay público e isso me encheu de alegria. Digo isso porque tenho muito orgulho por ter sido corajoso ao ocupar um espaço que era meu. E hoje me sinto pertencendo a aquilo que eu realmente sou”, acrescentou.

Continua após a publicidade

Carmo revelou que se emociona quando recebe mensagens de pessoas que também são homossexuais e lhe contam suas histórias. “Muitas vezes choro lendo as mensagens que recebo. São pessoas que passaram por grandes dificuldades de aceitação e que levarão cicatrizes eternas em suas vidas. Pessoas que confiaram em mim e me cederam suas histórias para serem contadas. Nunca fui tão grato. E nunca ouvi tantos agradecimentos em toda a minha vida. São caminhões de afeto e carinho que tenho recebido diariamente”, afirmou.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.