Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Aluna faz pedido inusitado e resposta de professor surpreende

A universitária explicou em e-mail por que precisaria levar a mascote à faculdade antes do furacão Irma e recebeu réplica inesperada do docente

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 13 set 2017, 17h45 - Publicado em 13 set 2017, 17h41

O furacão Irma afetou a vida de muitas pessoas nos últimos dias. Na Flórida, nos Estados Unidos, moradores de Miami precisaram deixar a cidade. Em Orlando, aulas foram suspensas e até turistas visitando o Walt Disney World Resort ficaram presos em suas casas e hotéis — clique aqui para saber mais. A universitária Jessica Lewis foi uma das jovens estudantes que enfrentaram problemas para deixar o município americano.

A mulher decidiu que voltaria para a cidade natal, Atlanta, onde os pais ainda residem, para escapar das consequências do furacão Irma. Ela, no entanto, enfrentava um problema: sua cadela, Luna, iria acompanhá-la na viagem, mas a Jessica não teria tempo de buscá-la em casa após assistir à última aula antes da suspensão da faculdade. A jovem, então, decidiu enviar um e-mail esperançoso ao professor pedindo para levar a mascote à universidade.

Doutor Kennedy, meu nome é Jessica Lewis e eu estou na sua aula de Introdução à Ciência Política das 15h30. Eu entendo que a resposta para a minha pergunta provavelmente será não, mas eu acredito que você seja um professor legal o suficiente para dizer sim, então eu achei que valia a tentativa“, explicou Jessica no e-mail.

Na sequência, ela faz o pedido e explica a situação ao docente: “Eu posso levar o meu cachorro para a aula hoje? Isso me ajudaria muito porque a sua aula é a minha última do dia e eu preciso partir para Atlanta o mais rapidamente possível (estou tentando ir embora antes do trânsito do furacão, mas a sua aula é importante para mim e eu não gostaria de perdê-la). Se for permitido, eu não precisaria voltar para o meu apartamento para buscá-la antes de pegar a estrada“.

Continua após a publicidade

Eu prometo que ela irá se comportar e causará poucas distrações. Eu anexei várias fotos dela abaixo para convencê-lo com a fofura dela. Muito obrigada!“, finalizou Jessica no pedido.

Ansiosa, ela esperou pela resposta do professor — e, ao recebê-la, foi surpreendida pelo bom humor do docente. “Você achou que me chamar de ‘legal’ iria me convencer? Porque isso não irá funcionar. O que irá funcionar é que ela é claramente uma ótima mascote então é claro que ela pode participar da minha aula!“, escreveu Kennedy no e-mail.

O professor de Jessica gosta muito de cachorros e ficou muito feliz ao receber Luna no ambiente universitário. Os colegas de sala da jovem estudante também ficaram empolgados com a presença da cadela, que se comportou muito bem durante a 1 hora e 15 minutos de aula: “Ela foi exemplar“, contou Jessica ao site The Dodo. “Ela andou para lá e para cá, ganhou carinho de todos e fez novos amigos“, revelou a jovem sobre a experiência.

Continua após a publicidade

A parte mais engraçada, no entanto, foi que toda vez que meu professor interrompia a aula para questionar se algum aluno tinha alguma pergunta ou comentário, ela reclamada alto, como se estivesse respondendo. Foi hilário!“, disse Jessica. A presença da simpática Luna aliviou o clima na sala de aula antes do recesso por causa do furacão Irma. E o professor, gostou da aluna diferente? “Ele amou recebê-la e não fez nenhuma reclamação. Ele foi incrível, ele apenas ria sempre que ela fazia algo engraçado“.

Dê sua opinião: E você, o que achou da resposta do professor ao pedido inusitado? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.