Imagem Blog

Randômicas

Por Juliene Moretti
Tudo sobre música, clipes, entrevistas e novidades dos shows.
Continua após publicidade

Jorge & Mateus tem a transmissão ao vivo mais vista no Youtube

O Ao Vivo teve também fala de ministro da Saúde, orientando população a ficar em casa

Por Juliene Moretti Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 5 abr 2020, 18h14 - Publicado em 5 abr 2020, 11h14

Quase impossível de ignorar nas redes sociais, o show de Jorge e Mateus, Na Garagem, transmitido ao vivo no Youtube, começou às 20h, na noite de sábado (4), e 16 minutos depois já batia 1,2 milhão de expectaodores. No clima “mais intimista”, o cenário simulava uma garagem, com skates, pranchas, cases dos instumentos e uma geladeira cheia de cerveja, que patrocinava o evento.

+ Assine a Vejinha por 14,90 mensais.

O duo sertanejo avisou o público de casa: por lá, garantiram que estavam apenas a equipe técnica munida de máscara e álcool em gel (“em maior quantidade do que as garrafas de bebida na geladeira”). Aparecia também um garçom que abastecia os copos dos músicos. Numa apresentação de quatro horas de duração – uma a menos que Gusttavo Lima, da semana anterior, recorde no quesito tempo de duração – a dupla chegou a bater 3 milhões de pessoas assistindo à transmissão ao vivo, um recorde para a plataforma, que antes era de Beyoncé, com quase 500 000 visualizações simultâneas. No meio do show, até mesmo o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, apareceu por lá com o recado da importância de se manter em casa. Seu depoimento gravado foi inserido por duas vezes.

Continua após a publicidade

Entre os resgates das músicas antigas e o “modão” (bom para dançar coladinho, para quem tinha essa companhia), foram perceptíveis falhas de som, microfone baixo, o que prejudicava vez ou outra a experiência. Como todas as lives, os erros de entrada das músicas, esquecimento das letras, são até divertidos nessas  iniciativas, dá o ar do “fazer um som em casa”. Talvez não tão legais ao notar a estrutura robusta que a produção teve — muito maior do que qualquer outra trasmissão ao vivo até então por aqui e que se valeu de patrocínios de empresas peso-pesado. Ficou mais interessante a experiência para quem colocou no canal 500 da TV Claro (eu!), com imagem de melhor qualidade, sem interrupções de conexão e mais câmeras passeando pelo cenário.

Mas as intenções eram as melhores e muito maior do que incentivar a turma a ficar em casa. Arrecadaram, segundo eles, 172 toneladas de alimentos. Não comentaram a conversão em dinheiro de fato, com o objetivo de não gerar concorrência. “É o momento de união e não gerar disputa”? lembrou Jorge. Se era união, conseguiram o feito de ter por um bom período 3 milhões de pessoas juntas na sofrência.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.