Imagem Blog

Memória

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Uma viagem no tempo às décadas passadas por meio de suas histórias, costumes e curiosidades.
Continua após publicidade

Novelas brasileiras com sotaque italiano

A imigração italiana rendeu diversas produções na nossa teledramaturgia nos últimos 50 anos

Por Roosevelt Garcia Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 29 mar 2018, 13h39 - Publicado em 29 mar 2018, 11h59

O namoro entre a teledramaturgia brasileira e a “Terra da Bota” vem desde os primeiros anos dos folhetins nacionais. Nosso fascínio pela cultura italiana está enraizado na nossa culinária, nos nossos costumes e até no nosso sotaque paulista, herança da grande colônia de imigrantes que fincou suas raízes em nossa cidade nos primeiros anos do século XX.

Uma cultura tão rica é um prato cheio para os roteiristas de novelas, que já nos anos 60 começaram a explorar esse tema, o que provocou uma série de produções inesquecíveis para a história da televisão brasileira. Relembre as mais marcantes.

 

  • Nino o Italianinho (Tupi – 1969/1970)

Juca de Oliveira é Nino, um rapaz italiano que chegou ao Brasil com 15 anos. Dono de um açougue no bairro do Bixiga, ele é respeitado por todos. Mas é apaixonado por sua vizinha Natália (Bibi Vogel), ao mesmo tempo em que é alvo dos amores de Bianca (Aracy Balabanian).

(TV Tupi/Divulgação)

 

  • Os Imigrantes (Bandeirantes – 1981/1982)

A novela conta a saga de três Antônios, um português (Othon Bastos), um italiano (Rubens de Falco) e um espanhol (Altair Lima), que chegam ao Brasil no início do século XX. A trama acompanha as três famílias por mais de 50 anos.

(Rede Bandeirantes/Divulgação)

 

  • A Próxima Vítima (Globo – 1995)

Mistérios e mortes envolvem três tradicionais famílias italianas de São Paulo, no bairro da Mooca. Essa novela é considerada o pontapé inicial de diversas produções com sotaque italiano da Globo nos anos seguintes.

(Rede Globo/Divulgação)

 

  • O Rei do Gado (Globo – 1996/1997)

Bruno Mezenga (Antônio Fagundes) é um rico fazendeiro que se apaixona por uma sem-terra. Jeremias Berdinazzi (Raul Cortez) pertence a uma família rival, cuja briga atravessa gerações.

Continua após a publicidade
(Rede Globo/Divulgação)

 

  • Terra Nostra (Globo – 1999/2000)

Os jovens Matteo (Thiago Lacerda) e Giuliana (Ana Paula Arósio) se conhecem e se apaixonam no navio, que vinha da Itália para o Brasil, mas se separam ao desembarcar. Eles passam a novela toda enfrentando percalços até finalmente poderem estar juntos.

(Rede Globo/Divulgação)

 

  • Esperança (Globo – 2002/2003)

Toni (Reynaldo Gianecchinni) e Maria (Priscila Fantin) se apaixonam na Itália, mas o pai dela a obriga a casar com outro. Toni embarca para o Brasil sem saber que Maria está grávida e acaba se envolvendo num romance por aqui. Ela vem para o Brasil com o marido, mas fica viúva, o que a faz procurar por seu antigo amor.

(Rede Globo/Divulgação)

 

  • Poder Paralelo (Record – 2009/2010)

Fugindo um pouco das tramas românticas, esta novela da Record mostra as relações de um brasileiro descendente de italianos com a máfia. Na Itália, Toni Castellamare (Gabriel Braga Nunes) perde a esposa e a filha num atentado, descobrindo depois que a ordem veio do Brasil. A partir daí, arma um plano de vingança.

(Rede Record/Divulgação)

 

  • Passione (Globo – 2010/2011)

Antonio Mattoli, ou Totó (Tony Ramos), é um viúvo e pai de quatro filhos que vive na Itália e descobre que sua verdadeira mãe ainda está viva e mora no Brasil. Isso provoca uma reviravolta em todas as famílias envolvidas, tanto na Itália, quando no Brasil.

Continua após a publicidade
(Rede Globo/Divulgação)

 

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.