Imagem Blog

Filmes e Séries - Por Barbara Demerov Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Aqui você encontra críticas, entrevistas e as principais novidades sobre o mundo do cinema e do streaming
Continua após publicidade

Museu Lightstorm tem Oscar de verdade, itens de ‘Avatar’ e mais

A Vejinha conheceu com exclusividade o museu de James Cameron, localizado em Los Angeles

Por Barbara Demerov
1 dez 2023, 06h00

Além da cobertura do lançamento do videogame Avatar: Frontiers of Pandora, a Vejinha foi convidada a conhecer o James Cameron’s Lightstorm Entertainment Studio Museum, localizado em Manhattan Beach, em Los Angeles.

+Nerdice em alta: CCXP se prepara para sua 10ª edição

Fechado para visitantes, foi possível ter um vislumbre exclusivo do que está guardado no estúdio. E o tour foi digno de transportar a repórter que vos escreve a diferentes momentos do cinema: desde a impressionante tecnologia da franquia Avatar, cujo segundo filme foi lançado em 2022, até “rebobinar” para o ano de 1997, com a nostalgia de Titanic.

Logo na entrada, há duas estátuas dos personagens Jake Sully (Sam Worthington) e Neytiri (Zoë Saldaña), de Avatar, em tamanho real dando as boas-vindas. Joshua Izzo, vice-presidente de desenvolvimento de franquia da Lightstorm Entertainment, guiou a imprensa em um passeio imersivo.

Estátuas de Avatar
Estátuas de Avatar (Barbara Demerov/Veja SP/Veja SP)

Ele apresentou o verdadeiro robô T-800 utilizado em O Exterminador do Futuro 2 – O Julgamento Final. “Essa máquina foi esculpida para ser crível ao público e está de acordo com a altura e o corpo de Arnold Schwarzenegger”, conta, antes de destacar que existem apenas três unidades do robô no mundo – uma pertence ao próprio Arnold. Ao lado, encontram-se itens usados por Sigourney Weaver em Aliens, como a máquina Power Loader.

Na parte de Avatar, estão bustos de personagens feitos com cabelo de verdade e olhos de vidro, e adereços feitos à mão, como colares e armas.

Mas quem dá o verdadeiro show é Titanic, um clássico inegável e vencedor de 11 Oscars em 1998, incluindo Melhor Filme e Melhor Diretor para James Cameron. Não à toa, a superprodução ocupa boa parte do galpão com duas réplicas do navio: uma com ele intacto e a outra após o naufrágio. A riqueza de detalhes é impressionante.

O Oscar que Titanic venceu em 1998
O Oscar que Titanic venceu em 1998 (Barbara Demerov/Veja SP/Veja SP)

“James viu os destroços de Titanic diversas vezes. No filme, sempre que há cenas no fundo do mar, saiba que todas elas foram filmadas por ele em suas viagens”, conta Izzo. Completam a exposição de itens do longa os cofres onde foram guardados o colar Coração do Oceano, usado por Rose (Kate Winslet) – um íntegro e a outra cópia danificada –, uma miniatura da ala de máquinas, o leme do navio e até um barco salva-vidas em tamanho real. Cameron procurou as referências do naufrágio de 1912 para construir barcos idênticos.

Para fechar o tour, o Lightstorm Museum é o local de descanso para nada mais, nada menos que Oscar de Melhor Filme conquistado por Cameron e o produtor Jon Landau. A brilhante estatueta fica ao lado do colar azul, eternizado nas telonas por Kate Winslet. “A única pessoa que usou esse colar além dela foi a cantora Adele, em seu aniversário de 30 anos. Ela é muito fã do filme”, conta Izzo.

Publicado em VEJA São Paulo de 01 de dezembro de 2023, edição nº 2870

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.