Imagem Blog

Filmes e Séries - Por Barbara Demerov

Aqui você encontra críticas, entrevistas e as principais novidades sobre o mundo do cinema e do streaming
Continua após publicidade

Atores de Hollywood entram em greve por aumento na remuneração

Com a paralisação dos roteiristas, trata-se da maior greve no audiovisual norte-americano desde 1960

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 13 jul 2023, 22h00 - Publicado em 13 jul 2023, 21h32

O sindicato dos atores de Hollywood, o Screen Actors Guild (SAG-AFTRA) anunciou a greve da categoria nesta quinta-feira (13). Os 160 mil profissionais das artes cênicas se juntaram aos roteiristas, em greve desde maio, na maior paralisação do setor nos Estados Unidos desde 1960.

As negociações entre a organização e os grandes estúdios, que ocorreram ao longo da madrugada, não obtiveram sucesso. O acordo vigente entre ambas as partes chegou ao fim na quarta (12) — após um adiamento de doze dias no prazo, a partir do primeiro dia de julho.

+ Emmy 2023: ‘Succession’ lidera em número de indicações da premiação

A paralisação foi aprovada de forma unânime no sindicato. Os atores reivindicam aumento nos royalties, a remuneração paga pela exibição de filmes e séries em plataformas de streaming. Segundo os profissionais, esses pagamentos diminuíram em valor na última década, enquanto o streaming cresceu. A demanda é semelhante à dos roteiristas.

A classe também fez um pedido sobre o uso de inteligência artificial. Eles exigem que a reprodução digital da imagem dos atores seja feita apenas perante o consentimento ou remuneração, em qualquer tipo de produção.

Continua após a publicidade

Em pronunciamento, a presidente do SAG, Fran Drescher, declarou: “Quando os empregadores fazem de Wall Street e da ganância suas prioridades e esquecem dos contribuidores essenciais que fazem a máquina funcionar, nós temos um problema, e estamos vivendo isso neste momento”.

A greve dupla, inédita na história de Hollywood em mais de 60 anos, deve impactar inúmeras produções do cinema e da televisão norte-americana.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.