Imagem Blog

Arte ao Redor

Uma curadoria de exposições, cursos e novidades dos museus, galerias e institutos culturais de São Paulo
Continua após publicidade

Jogo do Google ensina programação de forma divertida

Doodle com brincadeira é parte de uma retrospectiva em favor do isolamento social

Por Tatiane de Assis Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
27 abr 2020, 12h55

A partir desta segunda (27), o Google inicia uma retrospectiva sobre brincadeiras famosas, que já foram disponibilizadas aos internautas por meio do Doodle (alteração do logotipo do buscador). O primeiro jogo, criado em 2017, envolve questões de lógica, direcionadas ao ensino de programação para crianças.

Coelho Doodle
Coelhinho programador: conceitos introdutórios de lógica são aprendidos em brincadeira com o mascote (Divulgação/Divulgação)

Longe das enigmáticas telas pretas, com números brancos, o jogo do Google pede que o internauta recolha com o coelhinho cenouras ao longo do caminho. Para isso, precisa construir sequências, que envolvem os comandos de avançar, repetir a ação e virar. Parece mole, mas dá um trabalhinho.

Ao todo, o Google vai revisitar dez jogos, criados ao longo da trajetória do buscador. A próxima brincadeira que vai aparecer é críquete.

A ação é um endosso da plataforma à recomendação de isolamento social, como aponta comunicado divulgado pela Google: “Como o Covid-19 continua impactando comunidades ao redor do mundo, pessoas e famílias estão ficando mais tempo em casa. Em razão disso, vamos fazer uma retrospectiva do Doodle com os jogos interativos mais populares.”

Continua após a publicidade

+ OUÇA O PODCAST Jornada da Calma

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.