Imagem Blog

Arte ao Redor

Uma curadoria de exposições, cursos e novidades dos museus, galerias e institutos culturais de São Paulo. Por Mattheus Goto
Continua após publicidade

Exposição de Degas no MASP tem visita virtual gratuita

Passeio é conduzido por um dos curadores da mostra, o paulistano Fernando Oliva

Por Tatiane de Assis Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
17 mar 2021, 11h47

O MASP pôs no ar nessa quarta (16) uma visita virtual gratuita (veja abaixo) à exposição de Edgar Degas (1834-1917). Trata-se de um vídeo de quase dezoito minutos, conduzido pelo paulistano Fernando Oliva, que é curador da mostra ao lado do carioca Adriano Pedrosa, também diretor do museu .

Estão em exibição 76 obras, entre pinturas, desenhos e esculturas do artista francês. Há também quinze fotografias da paulista Sofia Borges, que  sublinha em suas imagens emoções e movimentos das personagens em bronze, criadas por Degas.

View this post on Instagram

A post shared by Museu de Arte de São Paulo (@masp)

No vídeo, Oliva apresenta o espaço expositivo como se o visitante estive lá presencialmente, ou seja, a partir da porta de entrada, localizada no primeiro andar do museu. A primeira peça que que se vê é uma das mais famosas de Degas, a escultura Bailarina de Catorze Anos (1880). Nas palavras do curador, a obra causou estranhamento por seu realismo, uma vez que são de tecido a saia e o lenço, usados para cobrir o corpo de bronze da pequena dançarina e também amarrar seus cabelos. Ela também tem um aspecto que não agradou o público no fim do século 19.

Continua após a publicidade

Esse trabalho seria ainda uma prova máxima na defesa de que o escultor era um devoto do balé e de suas praticantes. Oliva afirma, contudo, que é preciso ampliar o foco, já que o interesse de Degas estava no movimento e na presença do corpo no espaço, tendo se dedicado também à escultura de homens a cavalo.

Ao final da visita virtual, é apresentada a publicação, editada e lançada pelo MASP, sobre a produção de Degas. O livro encara temas espinhosos como o suposto tratamento desrespeitoso e agressivo dispensado às mulheres pelo artista — informação surpreendente para quem não é estudioso do assunto e que coloca uma pulga na orelha do espectador. Com tantos detalhes, vale a pena ver e rever o vídeo. Trata-se de convite sedutor para um mergulho na obra de Degas.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.