Continua após publicidade

Sindicato diz que viaturas da GCM não têm combustível para circular em SP

A alegação é de que a prefeitura não fez o repasse do dinheiro para a empresa responsável pelos cartões de reabastecimento; órgão nega

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 27 Maio 2024, 17h05 - Publicado em 24 nov 2020, 15h24

O Sindguardas (Sindicato de Guardas Civis Metropolitanos), afirma que as viaturas da instituição GCM estão paradas por falta de combustível.  Evandro Fucítalo, presidente do sindicato, afirmou em entrevista à CNN Brasil que isso se trata de um problema operacional.

“O abastecimento é feito através de cartão combustível. A empresa não tem saldo, a Prefeitura não fez o repasse do dinheiro para a empresa, para que a viatura abasteça nos postos de combustíveis. Então todas as viaturas estão paradas”. 

Em vídeo enviado à emissora, Fucítalo explicou a situação em que se encontra a GCM. “Recebemos informações de diversas unidades da GCM que as viaturas alugadas estão paradas em toda a cidade por falta de combustível. A maior cidade, a cidade mais rica do Brasil e uma das maiores da América Latina, por causa da ineficiência da atual gestão Bruno Covas, não tem dinheiro para abastecer as viaturas”. 

Por meio de nota, o órgão negou a informação e disse que “as atividades seguem normalmente e as viaturas estão cumprindo rotina normal”. A Secretaria de Segurança Urbana, da Prefeitura de São Paulo, disse, também em nota, que adota as “medidas administrativas para prevenir e evitar dificuldades operacionais”.

Continua após a publicidade

+Assine a Vejinha a partir de 5,90

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.