Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Turista de São Paulo morre em Noronha após acidente em esporte no mar

Homem praticava modalidade conhecida como "Plana Sub", quando a pessoa segura uma prancha puxada por embarcação

Por Redação VEJA São Paulo 21 Maio 2021, 17h26

Um turista de 52 anos de São Paulo morreu, na noite desta quinta-feira (20), em Fernando de Noronha. O homem praticava uma modalidade esportiva conhecida na ilha como “Plana Sub” ou mergulho de reboque, quando a pessoa segura uma prancha puxada por uma embarcação. Testemunhas informaram que ele foi resgatado a uma profundidade de oito metros. Após ser resgatado, o homem chegou a ser reanimado, mas não resistiu.

O acidente aconteceu na região do Porto de Santo Antônio, na tarde de quinta-feira. O homem foi socorrido por equipes do Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Logo depois, o turista, que não teve o nome divulgado, foi levado para o Hospital São Lucas. Em nota, o hospital informou que ele deu entrada com a perda de consciência em função da prática de “Plana Sub” e afogamento e logo iniciaram procedimentos para tentar reanimá-lo. 

“O paciente foi inicialmente socorrido pelo Corpo de Bombeiros, já em parada cardiorrespiratória. No hospital, após alguns ciclos de reanimação cardiopulmonar, o paciente retornou à circulação espontânea”.

O hospital também afirmou que a equipe médica aguardava a estabilização do paciente, que estava em estado grave, para transferência, por meio de uma UTI aérea, para um hospital de referência, no Recife, mas o homem não resistiu e morreu às 23h10 de quinta. Agora, o corpo do turista vai ser encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), na capital pernambucana, que verificará a causa da morte.

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade