Clique e assine por apenas 6,90/mês

Torre inspirada em templo japonês é novidade na represa Billings

A estrutura brasileira tem 32 metros de altura e 400 toneladas de tábuas de angelim, jatobá e eucalipto

Por Maurício Xavier - 7 Dec 2018, 06h00

Inaugurada há três meses às margens da represa Billings, em Ribeirão Pires, na Grande São Paulo, a Torre de Miroku é inspirada no templo japonês Horyu-ji, considerado a mais antiga construção de madeira do mundo. A estrutura daqui tem 32 metros de altura e 400 toneladas de tábuas de angelim, jatobá e eucalipto, unidas seguindo a técnica do encaixe, sem pregos nem parafusos. Ouro líquido trazido do Japão foi usado para esmaltar as 15 000 telhas.

No interior do templo há uma estátua de 8 metros e 4 toneladas, executada pelo escultor Cícero d’Ávila em blocos de imbuia e folheada a ouro 24 quilates, simbolizando a divindade Kannon. Os vitrais com cristais de Murano são da artista plástica Lilian Bomeny. Com 75 000 metros quadrados, a área inclui jardim, minicachoeira e lago com carpas. Para chegar lá, é preciso realizar um trajeto de barco de vinte minutos. os ingressos custam 80 reais (40 reais a meia entrada) e podem ser adquiridos em www.uakatour.com.br.

Publicidade