Edifício do Shopping Light guarda curiosidades históricas

Construção foi projetada pelo escritório de Ramos de Azevedo

Famoso por abrigar outlets de marcas como Calvin Klein, o Shopping Light iniciou suas atividades em 1999, no Edifício Alexandre Mackenzie, antiga sede da fornecedora de energia da capital entre 1929 e 1981. Para comemorar seus dezoito anos, o empreendimento vai inaugurar neste mês o Museu da Light, que exibirá fotos, objetos e plantas arquitetônicas da construção e terá entrada gratuita. Confira ao lado curiosidades do prédio projetado pelo escritório do arquiteto Ramos de Azevedo.

– Existem 28 cofres distribuídos pelo local, todos inativos há anos

– Produzidos com cobre, ferro e laca, os elevadores originais vieram de Nova York

– Problemas encontrados no terreno forçaram a redução do número de andares de catorze para onze

– As colunas de sustentação da estrutura têm o diâmetro maior em um dos lados

– Há comportas de metal nas janelas, o que permite ao edifício ser totalmente lacrado

– As claraboias foram desenhadas pelo famoso vitralista Conrado Sorgenicht

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s