Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

São Paulo reabre serviços, restaurantes e parques

Há limites no horário de funcionamento e na capacidade de público dos estabelecimentos; saiba o que muda

Por Redação VEJA São Paulo 24 abr 2021, 11h24

Após uma queda no número de mortes, casos e internações por Covid-19, o estado de São Paulo flexibiliza neste sábado (24) as normas da quarentena para o controle do novo coronavírus.

Serviços como salões de beleza, academias, atividades culturais e restaurantes (com consumo local) poderão reabrir no estado. Os parques também podem voltar a receber visitantes.

Existem limitações de horário de funcionamento e ocupação de público nesses locais. Os comércios (o que inclui os restaurantes) podem abrir das 11h às 19h. As academias operam durante 8 horas por dia, entre as 6h e as 19h. O limite de lotação é de 25% da capacidade para todos os estabelecimentos. Os parques abrem das 6h às 18h.

O toque de recolher das 20h às 5h segue em vigor no estado.

Ontem, o governo informou que o número de mortes por Covid-19 caiu 23,6% em relação à semana anterior. A queda ocorre após as medidas de isolamento que se tornaram mais rígidas desde 25 de março, quando havia risco de colapso do sistema de saúde.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade