Continua após publicidade

Procuradoria vai investigar visita de candidatos a local de desabamento

Jones Donizette (Solidariedade) e Ely Santos (Republicanos), que concorrem a uma vaga na Câmara dos Deputados, estão entre os feridos do acidente na empresa

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 27 Maio 2024, 21h31 - Publicado em 21 set 2022, 16h54

O candidato a deputado estadual Jones Donizette (Solidariedade) e a candidata a deputada federal Ely Santos (Republicanos) estão entre os feridos do desabamento de uma estrutura que ocorreu na manhã de terça-feira (20) em uma empresa de contêineres em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo. Ao todo, foram 9 mortos e 28 feridos, segundo o Corpo de Bombeiros.

+ Estrutura desaba e deixa 9 mortos e 31 feridos em Itapecerica da Serra

Em nota, o Ministério Público Eleitoral de São Paulo disse que vai investigar a visita dos candidatos à empresa. “É necessária investigação para saber se o encontro realizado na empresa onde houve o desabamento implicou despesas eleitorais ou constrangimentos ao voto. A Procuradoria Regional Eleitoral vai instaurar uma notícia de fato para apurar o caso”, afirmou o texto.

O órgão público ressaltou que empresas não podem fazer doações para campanhas eleitorais e nem constranger ao voto das pessoas que nela trabalham. “Seus espaços não se destinam à realização de reuniões com muitas pessoas, como são os comícios.”

Continua após a publicidade

O procurador-geral de Justiça, Mario Sarrubbo, designou, nesta quarta-feira (21), o promotor de Justiça Guilherme Silva de Deus para acompanhar a investigação sobre o desabamento. O membro do MPSP é titular do cargo de 1º promotor de Justiça da comarca.

Segundo publicação nas redes sociais de Donizette, os candidatos foram “convidados para conhecer” a empresa Multiteiner. “Quando se despediam dos trabalhadores, parte da estrutura de concreto se rompeu e deixou-os presos nos escombros. Os dois foram resgatados com vida”, disse o comunicado. Além deles, outros quatro integrantes da equipe tiveram que ser levados ao hospital. Eles lamentaram e se solidarizaram com as famílias das vítimas.

Cerca de 64 trabalhadores estavam em uma reunião no auditório de um galpão da empresa, quando a laje desabou. As causas estão sendo apuradas pela polícia e os feridos foram socorridos em um hospital da região. Ainda não há informações atualizadas sobre o estado de saúde deles.

Continua após a publicidade

+ Assine a Vejinha a partir de 9,90.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.