Clique e assine por apenas 6,90/mês

Conheça as primeiras ruas da capital paulista

Os caminhos têm origem na trilha indígena chamada de Peabiru, que cortava o território onde hoje está São Paulo e se estendia até a Cordilheira dos Andes

Por Maurício Xavier - 23 nov 2018, 06h00

Antes da chegada dos portugueses ao Brasil, uma antiga trilha indígena chamada de Peabiru cortava o território onde hoje está São Paulo e se estendia até a Cordilheira dos Andes. Com base nesse percurso secular, surgiram posteriormente outros caminhos, utilizados pelos habitantes pioneiros da Vila de São Paulo de Piratininga, nome do povoado que deu origem à capital. Eles serviam de estrada não só aos aldeões, mas também aos bandeirantes e a missões de evangelização dos jesuítas. As rotas são mencionadas em atas da Câmara Municipal entre os anos de 1562 e 1600, e foram incluídas em um trabalho de conclusão do curso da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU-USP), elaborado pelo então estudante Daniel Issa. Confira onde ficavam os primeiros traçados que passavam pela cidade.

Caminho do Ambuaçava

Das matas da região do Caaguaçu, onde hoje é a Avenida Paulista, seguia em direção à Avenida Doutor Arnaldo e continuava até chegar à atual rua Heitor Penteado.

Caminho do Ibirapuera

Continua após a publicidade

Iniciava-se na Rua do Ouvidor, subia pela Rua Santo Antônio até onde agora está o cruzamento da Avenida Paulista com a Avenida Brigadeiro Luís Antônio e descia até o vale do Rio Pinheiros.

Caminho do Jeribatiba

Partia do eixo das ruas José Bonifácio e do Ouvidor, no centro, e alcançava o Rio Pinheiros, cruzando o curso d’água no local onde atualmente está a Ponte Eusébio Matoso.

Caminho do Mar

Continua após a publicidade

Começava onde hoje fica a esquina das ruas Direita e Quinze de Novembro, na região central, e seguia a várzea do Rio Tamanduateí até chegar à cidade de Santo André.

Caminho do Piqueri

Saída da Rua Quinze de Novembro, atravessava o hoje canalizado Rio Anhangabaú, sob o famoso vale, e continuava pela Avenida Prestes Maia, até o bairro da Luz.

Publicidade