Natal no centro terá roda-gigante em viaduto e pista de patinação

Com investimento de 13 milhões de reais, a programação da Prefeitura desse ano será mais gorda

Entre os dias 9 e 23 de dezembro, a região que abrange a Praça da Sé e os largos São Francisco e São Bento será iluminada por algo além das luzes dos prédios e dos raros faróis de carros que passam pelo pedaço após o entardecer. Lâmpadas de LED, projeções mapeadas e presépios (o maior deles em frente à Catedral da Sé, com imagens de até 2 metros) vão ganhar as ruas em um festival dedicado à comemoração do Natal. A Vejinha teve acesso, em primeira mão, aos detalhes da programação promovida pela prefeitura e que contará com uma seleção de corais, concertos e até um espaço para cervejas artesanais.

Entre as novidades que devem ter sucesso estão uma roda-gigante de 22 metros de altura no Viaduto do Chá (a única atração em que haverá cobrança de ingresso, 20 reais a inteira e 10 reais a meia para estudantes, crianças e idosos) e a pista de patinação com 250 metros quadrados em frente ao Mosteiro de São Bento. O local, inclusive, será um dos prédios a receber o espetáculo de projeção mapeada em que vai ser possível acompanhar em vídeo as etapas do nascimento de Jesus, segundo a Bíblia.

“Vamos fazer uma piração com a estrela que guiou os três reis magos, brincar com a fachada, exibir ouro, mirra e incenso”, explica Arthur Boniconte, diretor criativo da Midiadub, empresa responsável pela projeção, que também ocorrerá no Edifício Matarazzo, sede da prefeitura. Junto ao prédio, bailarinas da Cia Base realizarão acrobacias presas em cordas. “Elas misturam deslocamentos verticais com horizontais, giros e flutuações”, conta o diretor artístico do grupo, Cristiano Cimino.

Fachada do Mosteiro de São Bento: projeções em vídeo sobre o nascimento de Jesus

Fachada do Mosteiro de São Bento: projeções em vídeo sobre o nascimento de Jesus (Eduardo Ogata/Divulgação)

Ganham iluminação temática outros figurões do pedaço, caso do Edifício Martinelli, do Othon Hotel, do Barão de Iguape (onde fica o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo) e do Sampaio Moreira. No entorno, quarenta atores vestidos de Papai Noel preparam uma entrada especial no dia 18 de dezembro, a partir das 17h30, para interagir com o público.

Pelo menos desde 2015 a decoração na cidade vinha perdendo o brilho e encontrava na árvore de Natal do Ibirapuera seu maior evento. O investimento no ano passado, incluindo prefeitura e iniciativa privada, somou 2,9 milhões de reais. “Em 2018, tivemos 900 000 reais de patrocínio a fórceps. Foi mais fácil conseguir agora, e em 2020 faremos inteiramente sem recursos da prefeitura”, diz o secretário Orlando Faria, da pasta de Turismo. O Natal 2019 será mais robusto. A prefeitura entra com 5 milhões dos 13 milhões de reais previstos no total da ação, com a parceria de empresas.

Ônibus iluminado: coletivo gratuito levará paulistanos aos pontos onde ocorrerá o festival

Ônibus iluminado: coletivo gratuito levará paulistanos aos pontos onde ocorrerá o festival (Nur Photo/Getty Images)

Todo o investimento é também uma tentativa de aumentar o interesse dos paulistanos em visitar a região, que costuma ficar vazia após o fim do expediente e nos fins de semana — um grande contraste com o fluxo de 600 000 pessoas que passam por ali no horário comercial. “Precisamos levar as pessoas ao centro, para que conheçam o patrimônio histórico”, diz o prefeito Bruno Covas. “Não tem muito sentido a prefeitura utilizar recursos públicos para direcionar a população à Avenida Paulista, que já é um cartão-postal”, explica.

Um ponto que também fica de fora da programação de Natal é a periferia, onde não há eventos oficiais. Para que quem mora em outros bairros consiga acessar o centro de forma gratuita, ônibus decorados sairão de Vila Matilde, Pacaembu, Limão e Santo Amaro nos fins de semana. Mais uma opção com entrada franca é o coletivo que fará o city tour pelos pontos turísticos nos dias 14, 15, 21 e 22, em três horários. Normalmente, são cobrados 40 reais pelo trajeto. Quem desembarcar no centro às 13 horas ou às 18h30 do dia 21 poderá ver o coral com 150 vozes na Galeria do Rock. No repertório, pela primeira vez, canções dos Beatles, caso de Hey Jude e Help!. A programação completa do festival promovido pela prefeitura está em vejasp.com.br.

Papai Noel no centro: neste ano, quarenta “bons velhinhos” vão invadir o pedaço

Papai Noel no centro: neste ano, quarenta “bons velhinhos” vão invadir o pedaço (Nur Photo/Getty Images)

Outras empresas também se animaram para realizar ações em diferentes pontos da cidade. Na Liberdade, a rede Ikesaki investirá cerca de 100 000 reais em atividades que incluem a instalação de uma árvore estilizada com 12 metros de altura. O Parque Ibirapuera terá o clássico show de luzes e, no sábado (30), vai inaugurar a árvore de 43 metros, bancada pela Coca-Cola Femsa Brasil, com um show da cantora Paula Lima.

Para o trecho da Oscar Freire entre as ruas da Consolação e Haddock Lobo está programada uma parada de Natal com público de 30 000 pessoas, a ser realizada no dia 8. No local haverá atividades para as crianças e carros que soltam cheirinho de chocolate. Uma tonelada da guloseima será distribuída aos passantes. “Vamos investir 3 milhões de reais”, diz Renata Moraes Vichi, vice-presidente do grupo CRM, que comanda a Kopenhagen, responsável pela ação junto ao Itaú Personnalité.

Números do Natal

100 000 pessoas são esperadas em cada um dos dias do evento

250 metros quadrados terá a pista de patinação no gelo no Mosteiro de São Bento

15 corais farão parte do evento, um deles com canções clássicas do rock internacional

5 apresentações de circo vão compor a festa durante os quinze dias de evento

Ana Clara Caetano e Vitória Falcão, integrantes da dupla Anavitória: apresentação na Avenida Paulista

Ana Clara Caetano e Vitória Falcão, integrantes da dupla Anavitória: apresentação na Avenida Paulista (Divulgação/Divulgação)

Virada na Paulista

O tradicional réveillon na Avenida Paulista terá como atrações o duo Anavitória e a dupla sertaneja Marcos & Belutti. A festa está marcada para as 18 horas, e a contagem regressiva para 2020 ficará sob responsabilidade de Lulu Santos. São esperados aproximadamente 2 milhões de pessoas — número semelhante ao do ano passado. O evento custará cerca de 3 milhões de reais em estrutura, segurança e artistas, e a prefeitura busca patrocínio. Ainda não há informação sobre a duração da queima de fogos.

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 04 de dezembro de 2019, edição nº 2663.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s