Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Prefeitura altera nomes de ruas que homenageiam algozes da ditadura

Veja abaixo alguns dos personagens lembrados nesses espaços

Por Mauricio Xavier [Com reportagem de Andreza Monteiro] Atualizado em 1 jun 2017, 16h01 - Publicado em 13 ago 2016, 00h00

Um projeto da prefeitura está alterando o nome de logradouros, praças e viadutos quando relacionado à violação aos direitos humanos. Batizada de Ruas de Memória, a iniciativa inclui 22 locais na capital.

+ Saiba quais bairros têm a maior concentração de feiras livres

O primeiro a ser rebatizado foi o Elevado Costa e Silva (ex-presidente do regime militar), o popular Minhocão, que há duas semanas passou a se chamar Elevado Presidente João Goulart, em referência ao ex-presidente deposto em 1964.

Abreu Sodré
Abreu Sodré

Abreu Sodré: governador de 1967 a 1971. Em seu mandato, a Polícia Militar começou a receber instruções do famigerado DOI-Codi. Viaduto na Mooca e rua no Morumbi.

Marechal Humberto de Alencar Castello Branco
Marechal Humberto de Alencar Castello Branco

Castello Branco: marechal do Exército, primeiro presidente militar, de 1964 a 1967, e criador do Serviço Nacional de Informações. Avenida no Bom Retiro.

Filinto Müller
Filinto Müller
Continua após a publicidade

Filinto Müller: senador entre 1947 e 1973 e chefe da polícia política durante o Estado Novo, instaurado pela ditadura Vargas. Rua em São Rafael, na Zona Leste.

Henning Boilesen
Henning Boilesen

Henning Boilesen: dono da empresa Ultragaz, financiou a Operação Bandeirante, que vitimou diversos presos políticos durante o regime militar. Rua no Butantã.

+ Já ouviu falar da Torre de Pisa paulistana?

Olympio Mourão
Olympio Mourão

Olympio Mourão: general e presidente do Superior Tribunal Militar entre 1964 e 1969, foi responsável por uma série de perseguições políticas. Rua no Rio Pequeno.

Sérgio Fleury
Sérgio Fleury

Sérgio Fleury: delegado acusado de liderar o grupo de extermínio Esquadrão da Morte, que participou de torturas e execuções. Rua na Vila Leopoldina.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês