Continua após publicidade

Praças ganham contêineres para garrafas de cerveja e vinho vazias

Projeto-piloto começa em três pontos com grande concentração de bares e restaurantes; confira itens que podem ser descartados

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 2 ago 2023, 16h11 - Publicado em 2 ago 2023, 15h32

Três praças da capital vizinhas de bares e restaurantes ganharam contêineres específicos para coletar objetos de vidro, tais como garrafas de cerveja, vinho, potes de palmito e objetos semelhantes. O projeto-piloto da Loga, concessionária responsável pela coleta de lixo na região noroeste da capital, começou no Largo da Batata, em Pinheiros, na Zona Oeste, no Largo da Matriz Nossa Senhora do Ó, na Freguesia do Ó (Zona Norte), e a Praça Rotary, na Vila Buarque, no Centro.

+Latam e Delta se unem para criar voo direto de Guarulhos para Los Angeles

O principal objetivo é o de incentivar o descarte correto dos objetos. A empresa promete uma campanha de conscientização junto aos frequentadores desses locais e estabelecimentos comerciais instalados na região, sobretudo bares.

“O vidro é um complicador quando depositado em sacos de lixo. Ele quebra e esfacela, contaminando todo o entorno. Então, nosso objetivo com o projeto é promover a segregação do resíduo nesse formato para que seja feita uma reciclagem melhor”, afirma David Tegangno, gerente de saneamento ambiental da SP Regula, órgão da Prefeitura de São Paulo responsável pelo contrato com as concessionárias que coletam e dão destinação final do lixo na capital.

+Sobe para 16 o número de mortos no Guarujá

Os 16 contêineres foram cedidos pela empresa MASSFIX, que atua na reciclagem de cacos, vidros laminados e de embalagem. Quando um deles ficar cheio, um caminhão levará o cointêiner para uma central operada por uma cooperativa, a Coopercaps. Os cooperados poderão comercializar esses resíduos para vender.

Confira o que pode ser descartado

  • -garrafas de cerveja, vinhos e destilados;
  • – recipientes de azeite;
  • – copos e pratos;
  • – embalagens de esmalte;
  • – potes de conserva (palmito, azeitona, geleia);
  • – vidros quebrados (exceto porcelanas)
Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.