Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Pichadores do Pátio do Colégio são multados

O casal João Luis Prado Simões França e Isabela Tellerman Viana confessou a participação na ação

Por Redação VEJA São Paulo 17 abr 2018, 11h43

Dois dos envolvidos na pichação da fachada do Pátio do Colégio, no centro histórico, na última semana, foram multados em 10 000 reais cada um. O casal foi ouvido pela Polícia Civil de São Paulo na última quinta (12). Um terceiro suspeito já foi identificado, mas ainda é procurado pela polícia.

O casal João Luis Prado Simões França, de 33 anos, e Isabela Tellerman Viana, de 23, confessou a participação no episódio. Junto com um terceiro suspeito, eles picharam a frase “Olhai por nóis” na fachada do monumento paulistano.

Imagens de câmeras de segurança mostram a ação de vândalos que picharam a fachada de igreja no Pátio do Colégio Reprodução / Facebook/Veja SP

O homem, conhecido como M.I.A, (“Massive Ilegal Arts”, Artes Ilegais de Massa em tradução livre), é considerado o líder do grupo pela polícia e confessou ter participado de outras pichações a pontos importantes da cidade, como Monumento às Bandeiras e estátua do Borba Gato, em 2016, e muro do Estádio do Morumbi, em 2017.

A limpeza da fachada começou nesta segunda (16), e mais de 100 voluntários participam do processo de recuperação, que deve se estender até a sexta (20). O mutirão é organizado em turnos das 7h às 12h e das 12h às 17h, e todo o material utilizado nas atividades foi cedido ou doado.

Fonte: Estadão Conteúdo

Continua após a publicidade

Publicidade