Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Passarelas homenageiam personalidades que marcaram a cidade

Entre os nomes ilustres, aparece o músico Marcelo Fromer

Por Mauricio Xavier [Vinicius Tamamoto] Atualizado em 1 jun 2017, 15h56 - Publicado em 17 set 2016, 00h00

Entre as 76 passarelas da capital, algumas relembram personalidades, como a Ciccillo Matarazzo, no Parque do Ibirapuera. Outras foram batizadas em referência a episódios históricos. Um exemplo é a Palmeiras Arrancada Heroica-1942, sobre a Avenida Antártica, na Barra Funda, que revive um fato ocorrido durante a II Guerra Mundial. No caso, o momento em que o time alviverde conquistou o título paulista depois de ser forçado pelo governo brasileiro a abandonar seu nome original, Palestra Itália, por citar o país considerado inimigo. Confira abaixo alguns patronos das passarelas da cidade.

+ Palacete no centro abrigará eventos culturais

Ciccillo Matarazzo


Ciccillo Matarazzo, empresário
Ciccillo Matarazzo, empresário

Industrial ítalo-brasileiro, sobrinho do conde Francisco Matarazzo e fundador do Museu de Arte Moderna, da Bienal de Arte de São Paulo e da companhia de cinema Vera Cruz. Avenida 23 de Maio.

Francisco Gotthilf


FRANCISCO GOTTHILF
FRANCISCO GOTTHILF

Radialista alemão radicado no Brasil e criador do programa de rádio A Hora Israelita, que mais tarde passou a se chamar Mosaico, a atração mais longeva da TV brasileira. Avenida São Gabriel.

Marcelo Fromer

Continua após a publicidade


Marcelo Fromer
Marcelo Fromer

Guitarrista e integrante da banda Titãs desde o seu início, morto em junho de 2001 depois de ser atropelado por um motoqueiro na Avenida Europa. Avenida Juscelino Kubitschek.

+ Um laboratório científico dentro do Ceagesp

Miguel Reale


Miguel Reale
Miguel Reale

Advogado, jurista, filósofo, professor e poeta paulista, autor de obras do pensamento filosófico-jurídico e membro da Academia Brasileira de Letras. Avenida Cidade Jardim.

Rolim Amaro 


Rolim Amaro
Rolim Amaro

Fundador da empresa aérea TAM e empresário de destaque no ramo da aviação civil, morreu em um acidente de helicóptero em julho de 2001. Avenida Washington Luís.

Continua após a publicidade
Publicidade