Continua após publicidade

Volume útil do Cantareira se esgota

Sistema agora conta apenas com as reservas do chamado volume morto para abastecer cerca de 9 milhões de pessoas

Por Redação VEJASAOPAULO.COM
Atualizado em 22 dez 2016, 11h31 - Publicado em 11 abr 2014, 12h07

O volume útil do Sistema Cantareira, que abastece cerca de 9 milhões de pessoas em São Paulo, chegou a zero na manhã deste sábado (12). Agora, apenas a reserva hídrica está disponível para o abastecimento. O volume morto, como é chamada a reserva, está em 18,5%. 

 

No dia 15 de maio, quando a quantidade armazenada no Sistema Cantareira estava em 8,2%, o governo estadual começou a bombear a água do volume morto. No dia seguinte, os reservatórios “ganharam” 182,5 bilhões de litros de água, e o nível atingiu 26,7%.

Acompanhe aqui diariamente como está o nível do Cantareira e as principais notícias sobre o tema.

Continua após a publicidade

+ Confira o melhor roteiro da cidade agora 

 

Publicidade
1/9
Sistema Cantareira edição 2374 Antônio Valentim Dante (Mario Rodrigues / Falta de água causa impactos ecológicos no entorno do Cantareira)
2/9
Pesquisadores da USP e da Unicamp falam sobre os cenários possíveis para o futuro do principal sistema de abastecimento da cidade de São Paulo ( / Cantareira pode secar em dezembro, alerta especialista)
3/9
Mauro Arce assumiu a Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos na semana passada. Em caso de rodízio, lugares próximos a hospitais serão poupados ( / Secretário diz que Estado multará quem consumir mais água)
5/9
Mauro Arce volta a assumir o cargo; a substituição acontece cinco dias depois de Edson Giriboni pedir afastamento para ser candidato a deputado federal ( / Em meio à crise da água, governo troca secretário de Recursos Hídricos)
6/9
Mudança de discurso acontece no mesmo dia da divulgação de um relatório da Sabesp indicando que um rodízio pode acontecer ainda em 2014 ( / Pela primeira vez, Alckmin admite racionamento de água em São Paulo)
8/9
O benefício vai atingir 31 municípios a partir desta terça (1º) ( / Programa para economizar água é ampliado pelo governo)
9/9
Em meio à crise de abastecimento no Estado, comerciantes utilizavam artifícios para pagar conta menor ( / Polícia prende dois e indicia sete por furto de água)

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.