Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Morre prefeito de Goiânia que estava internado no hospital Albert Einstein

Maguito Vilela (MDB) foi internado com Covid-19 e agora lutava contra uma infecção nos pulmões

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 13 jan 2021, 08h32 - Publicado em 13 jan 2021, 08h23

O prefeito licenciado de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), de 71 anos, que estava na UTI no hospital Albert Einstein, em São Paulo, há mais de 80 dias, morreu na madrugada desta quarta (13). Ele foi internado com Covid-19 e agora lutava contra uma infecção de bactérias e fungos nos pulmões.

Ele deixa quatro filhos: Daniel, Maria Beatriz, Miguel e Vanessa; e uma enteada Anna Liz. Daniel, também filiado ao MDB de Goiás, é deputado estadual e herdeiro político de Vilela.

Vilela, que já foi governador de Goiás, foi eleito prefeito da capital Goiânia em 2020. Sua posse em 2021 foi feita de modo remoto e virtual. Assume agora seu vice, Rogério Cruz (Republicanos), que estava no cargo de forma interina.

O político do MDB deixou a campanha logo no início quando recebeu o diagnóstico de Covid-19. Com o agravamento de seu quadro, foi transferido para São Paulo. Chegou à cidade com o comprometimento de 75% dos pulmões. Duas de suas irmãs, infectadas com vírus, também vieram à óbito.

Continua após a publicidade

 

 

 

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade