Clique e assine por apenas 5,90/mês

Patricio Bisso, ator e ilustrador, morre aos 62 anos

Um dos principais nomes da cena paulistana na década de 1980, criou a popular personagem Olga del Volga

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 14 fev 2020, 15h54 - Publicado em 14 out 2019, 17h31

Patricio Bisso morreu aos 62 anos em decorrência de uma parada cardiorrespiratória. O ator, figurinista, ilustrador e cenógrafo argentino foi um grande artista da cena paulistana na década de 1980. A informação da morte foi confirmada pela sobrinha Paula Camila em suas redes sociais. De acordo com informações de amigos, Bisso morava em Buenos Aires com a mãe há mais de uma década.

Na sua carreira, trabalhou como ator e performer em teatro, TV e cinema. Uma de suas atuações mais populares foi a divertida sexóloga russa Olga del Volga. No mercado editorial, fez ilustrações para o jornal Folha de S.Paulo e para a Vejinha. Como figurinista, esteve por trás do longa O Beijo da Mulher Aranha (1985), no qual também atuou.

Veja um trecho de Patricio como Olga del Volga:

A morte de Bisso foi lamentada nas redes sociais por ex-colegas, amigos e admiradores.

Continua após a publicidade

 

+ PODCAST Jornada da Calma, com Helena Galante: Mariana Ferrão fala sobre seus períodos de depressão e mudança de carreira

Continua após a publicidade
Publicidade