Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Memória Paulistana: estátua de Borba Gato completa 50 anos

Obra do escultor Julio Guerra celebrou o 400º aniversário de Santo Amaro

Por Maurício Xavier [com reportagem de Júlia Gouveia e Lilo Barros] Atualizado em 5 dez 2016, 16h19 - Publicado em 7 fev 2013, 18h02

Encravada na Praça Augusto Tortorelo de Araújo, na Zona Sul, a estátua de Borba Gato foi inaugurada em 27 de janeiro de 1963 como parte das comemorações pelo quarto centenário de Santo Amaro (a imagem é da semana posterior à festa). Com quase 13 metros de altura e revestida de um mosaico de pedras coloridas de basalto e mármore, a obra do escultor Julio Guerra (1912-2001) acaba de completar cinquenta anos.

+ O clube de veteranos do Paulistão

+ Os endereços mais valorizados da capital

+ O bairro campeão do bem-estar

Famosa também por seu estilo kitsch, chegou a figurar em quarto lugar numa votação de 2003 entre personalidades ouvidas por VEJA SÃO PAULO para eleger os símbolos mais feios da cidade.

Continua após a publicidade
Publicidade