Clique e assine por apenas 6,90/mês

Marido de Carol Bittencourt é indiciado por homicídio

A Polícia Civil concluiu na sexta, 16, o inquérito a respeito da morte da modelo

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 17 ago 2019, 12h40 - Publicado em 17 ago 2019, 12h37

A Polícia Civil concluiu na sexta, 16, o inquérito a respeito da morte da modelo Caroline Bittencourt, em abril, e indiciou o marido dela, o empresário Jorge Nogueira Sestini, por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar.

O caso foi encaminhado para o Ministério Público para análise. Se for oferecida denúncia, Jorge vai responder na justiça pela morte da modelo.

A modelo: postagem nas redes sociais com o marido antes de embarcar Reprodução/Veja SP

Caroline desapareceu no dia 28 de abril, quando fazia um passeio de lancha ao lado do marido em Ilhabela (SP).  No dia seguinte, o corpo dela foi encontrado.

A embarcação em que o casal estava virou após fortes chuvas acompanhadas de vento a atingirem. Sestini, no entanto, conseguiu salvar-se a nado. Ele tentou resgatar a mulher, mas não a encontrou.

Publicidade